Em Linha Reta São Os Caminhos Dos Justos

Rabash, “A Torá é um Nome Santo”: Portanto, quando a inclinação do mal traz a uma pessoa pensamentos alheios, é então o tempo certo para pegar nesses pensamentos e eleva-los “acima da razão.”

Uma pessoa pode fazer isso em relação a qualquer coisa que o seu coração deseja, e ele não deve dizer que agora ele foi repelido pelo trabalho, mas antes que lhe foi dado o desejo e pensamento de Cima, para que ele seja capaz de o trazer à Santidade. Assim, ele está na verdade a ser aproximado ao Alto, e portanto foi-lhe enviado este tipo de trabalho.

E sobre isto foi dito: “Em linha reta são os caminhos do Senhor, os justos o seguirão e os pecadores se perderão neles,” o que significa que se a pessoa é recompensada, ele pode ascender dessa forma e se ele não for (recompensado), ele descerá por essa espiritualidade.

Acontece que não há um momento na nossa vida em que a Luz não nos seja revelada, através da revelação de espessuras adicionais em nós, de diferentes maneiras. Convocado em nós em diferentes sentimentos e pensamentos que são evocados pela mente e coração, e nós temos que responder.

Este desejo adicional pode levar-nos ao mau humor ou a uma ascensão egoísta; ele pode levar-nos a pensamentos que estão mais próximos ou mais afastados da espiritualidade, á critica do ambiente ou de tudo que está relacionado com o caminho espiritual. Tudo isto acontece, é claro, apenas pela revelação do novo Reshimot (genes espirituais). Se uma pessoa está no ambiente correto e em adesão ao professor, aos livros e ao grupo, a todos os esforços que estabilizem o seu caminho, então ele não esquecerá isto.Aí ele não perderá nenhuma oportunidade que lhe foi dada e irá constantemente responder.

A resposta em si pode parecer boa e bem-sucedida ou não tão boa e sucedida não faz diferença. O importante é que ele cumpra o momento atual, o Reshimo que lhe foi dado e siga em frente.

Mas se uma pessoa não se agarrar ao professor, á Torá e ao grupo, então ele não tem hipótese de cumprir esse momento, e assim a vida passa sem qualquer objectivo. Ele pensa que está avançando, mas na realidade ele está apenas acumulando sabedoria. Isto significa que ele não está a progredir no cumprimento do novo Reshimot mas apenas a desenvolver a sua egoísta mente.

Por isso, se diz, “Em linha reta são os caminhos do Senhor.” Se uma pessoa se relaciona com isso corretamente, então ele passa através deles como o “justo.” Caso não o faça, então ele desce e abandona o caminho espiritual. O principal é verificar se você pode atribuir a cada momento ao cumprimento da meta, que significa alcançar o atributo de outorga acima da razão.

Da Preparação para a Lição Diária de Cabala 28/02/13

Comente