Adesão É A União De Dois

Dr. Michael LaitmanBaal HaSulam, “Introdução ao Livro do Zohar“, Item 13: Isto é assim porque na Sua eternidade, passado, presente e futuro são como um… Pelo contrário, que a equivalência de forma, destinada a ser revelada no final da correção, surgiu instantaneamente no Infinito.

Sobre isso, diz-se: “Primeiro pense, depois aja”. A forma final já existe; além disso, não há outra forma, exceto ela. O que nós passamos é o processo de reconhecimento desta forma final, de nossa natureza até a natureza do Criador. Assim, gradualmente, a distância entre nós se transforma na realização do Criador acima da criatura.

Assim nós ganhamos duas vezes: por um lado, continuamos seres criados, e, por outro lado, nós alcançamos o mesmo status que o Criador. É porque nós não podemos ser seres criados, se não temos os nossos atributos, mas, ao mesmo tempo, adquirir atributo do Criador e alcançar a Sua plenitude.

Pergunta: De que forma o Criador e a criatura diferem nesta totalidade?

Resposta: A adesão é uma equivalência de forma. De um modo geral, a adesão inclui duas partes que são juntadas de acordo com as suas intenções, e separadas de acordo com a “matéria” da criatura. A “substância” da criatura tem que ser diferente do Criador, de modo a permitir que a criatura sinta que é independente.

Assim, o sentimento de adesão em si indica a diferença inicial, porque, para senti-lo, nós temos que sentir a sua deficiência. Assim, a criatura tem que passar por um processo de desenvolvimento e reunir todos os Reshimot (genes espirituais) de todos os estados e, assim, alcançar a adesão.

Da 4ª parte da Lição Diária de Cabalá 07/03/13, “Introdução ao Livro do Zohar

Comente