Ver Misericórdias Reveladas

Rabash, “O que é que tu não deves adicionar e Tu não deve difamar, na Obra”: A questão de “certo” significa para a direita.

Isto significa que uma pessoa deve acreditar além da razão e retratar a si mesma como se ela já tivesse sido premiada com a fé de Deus, sentindo-a em seu corpo, vendo e sentindo que o Criador governa o todo mundo e é totalmente bom e benevolente.

E embora quando ela observa as coisas dentro da razão, ela veja o contrário, em qualquer caso, ela tem que trabalhar acima da razão e deve sentir-se como se já se estivesse em seu corpo, que essa é a maneira como as coisas realmente são, que o Criador governa o mundo como o bom e o benevolente.

Ela sente que tem o poder de dizer ao Criador, “Você nos escolheu de todas as nações, Você nos amava e nos queria”, já que ela já tem algo para ser grata em relação ao Criador. E de acordo com a importância da espiritualidade que ela sente, ela organiza louvor do Criador.

Depois que a pessoa já se sente a importância da espiritualidade, que é chamado “, uma pessoa deve sempre arranjar louvor do Criador”, então é hora dela se mover para a linha de esquerda e verificar como ela realmente sente a importância do Rei dentro da razão, e se ela está realmente pronta para trabalhar apenas para o benefício do Criador.

E quando dentro da razão ela vê que não tem força para isso, e que a importância da espiritualidade é apenas acima da razão para ela, este cálculo pode gerar uma deficiência por ela, dor e tristeza já que ela está em um estado de absoluta humildade, e ela pode, então, fazer uma oração verdadeira do fundo do seu coração, pelo que ela não tem.

A pessoa deve imaginar dois pontos: em que medida ela está “dentro da razão” e “acima da razão” então ela realmente vai querer elevar-se “acima da razão” e chamar a si mesma para o nível superior e chegar a uma oração “acima da razão.” Assim, ela pode avançar.

Uma pessoa deve analisar o seu estado atual e superá-lo em “fé acima da razão”, a fim de ver que o Criador, o governante, é bom e benevolente em tudo o que uma pessoa tem. Ela examina-se em todos os sentidos e justifica o Criador “acima da razão.”

Então, ela verifica se “dentro da razão”, ela também está pronta para chegar à mesma conclusão e vê que não é assim, já que sua razão é baseada no que seus olhos veêm. Em seguida, uma oração cresce na lacuna entre o que ele vê “dentro da razão” e “acima da razão.”

Mas isso é verdade, se uma pessoa se sente feliz. A oração certa na espiritualidade é feita de discernimentos opostos. Por um lado, eu deveria estar feliz, pois estou em contato com o Criador e eu tenho alguém a quem recorrer. Tenho certeza de que Ele vai me ajudar e que Ele é bom e benevolente e está tudo bem!

Eu nunca peço ao Criador que melhore a minha situação, mas peço a Ele que mude a minha percepção da minha situação. É porque agora eu vejo que estou em um mar de amor absoluto e que não há mais nada além disso. Mas porque eu não estou corrigido eu vejo outra coisa. Nós nunca deixamos o mundo de Ein Sof (Infinito), mas nós temos que determinar a atitude certa para isso.

Cada vez detalhes novos são revelados a mim, eu tenho que mudar minha atitude, que significa minha intenção. É por isso que peço ao Criador que me corrija, para permitir vê-lo como misericórdias reveladas. É um momento muito importante. Eu não deveria pedir ao Criador que corrija o meu estado, como se eu pedisse que ele corrigise as suas ações, mas sim para corrigir-me para que eu possa ver a Sua criação como ela realmente é, o que significa apenas de uma forma positiva.

[97281 ]
Da preparação para a Lição diária de Cabala de 1/1/13

Um Comentário

  1. tudo esta sendo novidade pra mim, igual pedir ao criador q mude a minha situação, mas peço a ele q mude a minha percepção da minha situação, é muita informação pra minha cabeça q ate então eu imaginava ao contrario, vamos em frente.

Comente