O Grupo Das Mulheres Está Além Das Hierarquias

Dr. Michael LaitmanPergunta: Devido às mudanças recentes (da Convenção das mulheres), uma grande importância da unidade das mulheres emergiu.

Há mulheres mais ativas e menos ativas em nosso grupo. Para as mulheres ativas, nós organizamos algumas atividades e workshops distintos, criando assim alguns círculos na comunidade das mulheres. Como resultado, há muitas mulheres infelizes que pensam que dividimos esta comunidade. É certo fazer isso no grupo das mulheres?

Resposta: Eu creio que é incorreto. A massa deve ser o mais uniforme possível. Eu não divido ninguém. Algumas mulheres participam menos, não importa por qual razão, outras um pouco mais. Eu nunca procuro razões, especialmente se estamos falando de mulheres, não de homens. Os homens podem ser pressionados, mas as mulheres não devem ser pressionadas. Em geral, as mulheres devem ser tratadas como iguais aos homens. Mas elas não devem fazer quaisquer divisões entre si. Certamente não!

Pergunta: Portanto, baseado em qual princípio poderia ser formado o grupo das mulheres?

Resposta: De acordo com o princípio do círculo, todos são iguais. Se eu quiser avançar para a espiritualidade, não preciso de níveis terrenos: com quais homenagens eu serei recompensado, quantas estrelas atribuem a mim? O que importa para mim é a ascensão espiritual, e eu não peço nada para mim mesmo. Se for possível me esforçar, eu me esforço; se não houver oportunidade, então não há. Mas a pessoa deve esperar por maior recompensa por seus esforços investidos, em vez de ter poder e posição no grupo. Pra quê? Isso é incorreto!

Há pessoas que têm habilidades de organização; é outra questão. Nós as nomeamos como responsáveis por isso ou aquilo porque nos beneficiamos se elas estão envolvidas nestas funções ou qualquer outra coisa; de qualquer forma, não devemos dividir o grupo.

Nós temos pessoas que trabalham muito duro pelo grupo. E daí? Elas supostamente devem receber mais? Por que razão?

Quanto às mulheres, a maior parte delas não é livre, pois elas têm marido, família, filhos e pais. Portanto, não podemos exigir as mesmas coisas delas como dos homens.

Da Lição Virtual 20/01/13

Comente