O Grupo Como Uma Entidade Espiritual

Pergunta: O que é um grupo como uma unidade espiritual, entidade espiritual? Como posso interagir adequadamente com o grupo para que possamos obter o máximo benefício mútuo para o crescimento espiritual?

Resposta: Um grupo, como uma entidade espiritual, é o desejo comum que busca semelhança com o Criador, a propriedade de doação. Se as pessoas que estão no grupo agem contra ao seu egoísmo, em seguida, acima dele, sobre suas contradições gerais, elas constroem a propriedade de amor e doação que direcionam ao Criador.

Isso é chamado de um grupo. Trabalho constante deve ser realizado dentro dele. Se uma pessoa se une ao grupo, torna-se incluído nele, dissolve-se nele, ela perde o seu “eu”, e ela quer desaparecer no grupo, para dar-se inteiramente ao que acontece nele, o que significa que ela é um membro do grupo.

Nosso “eu”, originalmente criado em nós, existe apenas como um ponto preto, acima do qual eu tenho que aceitar todos os desejos externos como meus. Isso é chamado de “Amar o próximo.”

Amar significa perceber todos os seus desejos e propriedades como meus. Eu restrinjo meus próprios desejos, não os sinto. Eu só existo para sentir tudo o que existe nos outros como meu.

Na realidade, todos os nossos desejos comuns são meu campo, meu Kli, recipiente. Eu vou sentir o mundo superior nisso; Eu quero doar ao Criador através dele, e nele vou revela-lo. E o meu ponto continuará a ser um ponto preto. Desta forma, eu deveria me perceber em relação ao grupo.

[95353]

Da Convenção de Novosibirsk de 8/12/12,Lição 4

 

Comente