Num Ambiente De Diferentes Forças

Dr. Michael LaitmanPergunta: Como podemos aumentar o sentimento de dependência mútua no grupo?

Resposta: Isso também depende do ambiente. Se o ambiente me convencer de que eu dependo dele, eu vou ser convencido. Se ele não me convencer, eu não vou ser convencido. Há um enorme impacto sobre a pessoa, a fim de convencê-la de que sozinha ela não significa nada e não será capaz de fazer nada, que o caminho espiritual só é possível através da incorporação nos outros, somente através da conexão.

Nós temos que pensar nisso diariamente, por muitas horas: que o sentimento espiritual só é possível num vaso completo. Nós sabemos que houve a quebra dos mundos. A mesma matéria que sentimos agora realmente não existe, é imaginária. Mesmo a física moderna já chegou a esta conclusão. Há apenas um desejo, que significa uma força, e nós temos que descobrir esta força como aquela que foi criada pelo Criador.

Nós temos que aspirar a descobri-la como um todo, imaginando-a não na forma de corpos corporais, mas na forma de desejos, forças, um desejo coletivo geral de desfrutar. Não importa que essa força se revele a nós de diferentes maneiras e que elas estejam mudando constantemente. Estes são todos desejos de desfrutar que devem ser conectados. No momento em que os conectamos, imediatamente recebemos uma satisfação.

A conexão só é possível por meio de concessões, através da “primeira restrição (Tzimtzum Aleph)” do nosso ego. Depois da nossa auto-anulação deve haver uma conexão, que já está se incorporando nos outros, uma ação que é oposta à quebra: a doação.

Eu tenho que receber de alguém a fim de doar-lhe.

Nós usamos palavras deste mundo para descrever a conexão, mas na verdade esses são termos Cabalísticos que se referem à correção dos desejos. Não olhe para as pessoas, para os corpos ao seu redor. É um espaço que está cheio de forças distintas que devem encontrar uma maneira de se conectar. A conexão entre elas já existe, elas só precisam revelá-la!

Ao descobrir essa conexão, elas descobrem a sua inclinação, que é considerado seu esforço: “Eu me esforcei (trabalhei) e encontrei”. Mas se você não descobrir essa conexão, isso permanece oculto de você. Tudo o que o Criador criou está oculto de nós. Ele está esperando que nós descubramos esta realidade por nós mesmos, por nosso esforço, o que significa de bom grado.

O Criador criou o desejo inicial e desenvolveu-o até uma realidade completa. Mas depois Ele ocultou essa realidade e deixou apenas um ponto. Agora você precisa desenvolver um desejo dentro de você, trabalhando com o grupo, e descobrir a realidade que foi criada pelo Criador. Acontece que é como se você a criasse por si mesmo, pelo desejo que você recebe do ambiente.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 20/12/12, “Introdução ao Estudo das Dez Sefirot

Comente