Cada Aula É Como Branquear A Alma

Dr. Michael LaitmanPergunta: Por que O Baal HaSulam diz que A pessoa é lançada dos amigos para o professor e volta novamente como um “estilingue”, e através disso o vaso correto para receber a Luz é construído nela?

Resposta: A pessoa recebe a plenitude do professor e através do grupo descobre seu mal. Apesar de sua relutância, ela é incorporada no grupo e faz grandes esforços para tornar-se parte do ambiente e se conectar com os amigos.

Graças a isso, em resposta a todos os seus esforços, ela descobre aversão, ódio e raiva. Isto é como o seu desejo egoísta é revelado nela; não são seus amigos que ela vê, mas ela mesma nos amigos, como num espelho.

Quando todos esses sentimentos negativos são revelados, a questão é até que ponto ela reconhece que este mal é revelado nela e não nos amigos. Ao mesmo tempo, ela vai ao seu professor, à aula, e recebe tratamento do professor: a correção.

Se ela tem a conexão correta com o Rav e com o estudo, ela tem que sair branca. Como se todo o mal que sentia para com os amigos tomasse uma forma oposta, e ela entendesse que é em seu favor. Em vez de amaldiçoar ela agora agradece por isso. Em vez de sentir o mal nos amigos, ela se sente bem; em vez do sentimento bom e orgulhoso de si mesma, ela agora se sente mal. Isso significa que tudo se inverte.

As definições opostas que ela agora entende e sente em seus atributos, em comparação com os amigos, chama-se “um estilingue”, inversão, um gatilho.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 12/12/12, Escritos do Baal HaSulam

Comente