Atraindo A Força Do Mundo Superior

Dr. Michael LaitmanRabash, Shlavei Sulam (Os Degraus da Escada), (1984/85), Artigo 13: “Poderosa Rocha da Minha Salvação”: …Onde quer que ele ande, ele está ansiosamente procurando um lugar onde talvez alguém seja capaz de lhe dar o poder de doar.

Pergunta: Como eu encontro esse poder?

Resposta: Procure os meios que lhe ajudarão a chegar à doação

Quando a pessoa começa seu trabalho, discernindo a ação do Criador sobre si, ela permanece continuamente no estado de busca e desamparo: “Como eu encontro o Criador? Como eu O atraio para perto de mim? Como me movo e estimulo meu afeto, como faço para usar minha mente para compreendê-Lo? Onde eu revelo Sua ação? Que véu O esconde? Como eu me “entrego” a fim de destacar Sua conexão — mesmo que ela seja negativa, apenas para manifestá-la?”.

A pessoa começa a mudar suas facetas e propriedades desejando desvendar o Criador desse modo. Tal é a natureza do nosso trabalho. Não é simples; exige enorme energia; ele queima toneladas de “calorias” e exige grande esforço numa incansável “perseguição da Shechina”. Gradualmente, a pessoa ganha experiência neste caminho e aprende a se anular. Esta é a chave.

E o Criador, com base nos anos anteriores da pessoa e na sua vida no grupo, prepara todos os tipos de surpresas para ela. Os erros pessoais começam a aparecer, ou alguém a deixa irritada ou ela se sente insultada e sente vontade de colocar os infratores em seu lugar no calor do momento; porém, ela pára e pensa: “Eu não deveria trabalhar em mim mesma pelo princípio do ‘não há outro além Dele’?”. Mas como? Eu estou agora em pé de guerra, e ainda devo me lembrar Dele?

Pergunta: O Rabash diz que a pessoa tem que encontrar um grupo onde todos “anseiam pelo poder da doação”. O que isso significa?

Resposta: No grupo, nós não recebemos incentivos normais: dinheiro ou respeito. Afinal, os amigos estão sendo empurrados pela força superior e gradualmente assumem um caminho espiritual. Então, esta força inicia a recuperação para que eles possam atrair energia da espiritualidade por si mesmos, sem golpes por trás.

Pergunta: Como eu atraio a força espiritual de modo que eu avance não por uma questão de honra e outras recompensas egoístas?

Resposta: Você só pode atrair a força a partir da união; caso contrário, não vai ser um crescimento espiritual. Eu me esforço em me unir, para mergulhar no grupo, para que eu possa ser impressionado pelos amigos. Eu não recolho sua força para mim, mas fico impressionado e respondo à doação deles, ao seu amor e seu espírito. Vendo-os pela primeira vez, eu me sinto triste por ter olhado; afinal de contas, agora eu vou sofrer porque não participo no que eles fazem. Eu desejo que eles não tivessem despertado o amor fraternal — eu ficaria mais à vontade, me sentiria melhor, estaria mais satisfeito. Mas, então, digo a mim mesmo: “Espere um minuto, é exatamente aqui que você pode ganhar força, impressões; isso pode sacudir e inflamar você! Assim, em vez disso, eu os deixo ser elevados a meus olhos e me inspirar a seguí-los”.

No final, o grupo, o professor, o Criador e os livros Cabalísticos — estes são os únicos fatores positivos que tenho para avançar. E todos os amigos devem se unir como um; nenhum deles deve ser menos do que os outros. Apenas como iguais podemos avançar em direção à meta.

Da 2ª parte da Lição Diária de Cabalá 11/12/12, Escritos do Rabash

Comente