A Guerra Dos Macabeus Contemporâneos Com O Egoísmo Global

Agora, depois de 2000 anos de exílio, voltamos para a Torre de Babel, que, entretanto, cresceu ainda mais. Nós voltamos para a grande dor do ego, a enorme torre do egoísmo humano que temos erguido e nos encontramos num beco sem saída sem saber o que devemos fazer com nossas vidas.

Tudo o que temos construído sobre a base do egoísmo não nos traz nenhuma solução:  Nós ficamos com nada, tudo que nós construímos no mundo está em ruínas e é dominado pela crise.

Hoje, devemos nos referir à mesma solução que foi encontrada em tempos antigos, nos dias de Abraão – a unidade. No entanto, não só no grupo, que era então chamado “povo de Israel”, deveria  se unir, mas sim o mundo inteiro teria que, finalmente, conectar-se para sempre.

Como exemplo, vamos usar a Revolta dos Macabeus à qual o feriado de Hanukkah foi dedicado.
Essa história aconteceu na época do Segundo Templo e sua queda. Como sempre, a força egoísta, que na época era chamada de “Poder Grego,” pôs o grupo em perigo, que foi chamado de “Israel”; O poder grego tentou separar Israel.

E nesta categoria de “Autoridades Gregas” foram incluídos muitos que estavam anteriormente no grupo de Israel. Em outras palavras, as pessoas que viviam em um nível espiritual, caiu em massa a partir do nível espiritual ao nosso plano material, quando começaram a agir de acordo com seu egoísmo em vez de se elevar sobre ele e se conectar com outras pessoas.

Então, os efeitos do egoísmo mundial , que apareceu na forma de “Gregos” levaram à destruição do Templo.

A história diz-nos que uma revolta dos Macabeus ocorreu naquela época. Eles começaram a lutar contra esse poder. Foi mais de uma guerra espiritual do que um combate material. Seu único objetivo era trazer as pessoas para a unidade. Ao atingir a unidade, eles conseguiram vencer. Eles conseguiram corrigir os judeus que estavam seguindo os gregos e seus costumes, e os invasores gregos foram obrigados a recuar.

Dessa forma, eles foram capazes de reconstruir o Templo(BeitHaMikdash), então há a construção(Beit) de amor mútuo e doação, e assim eles obtiveram a correção.

Nós precisamos aprender com esta história como chegar à correção, quando estávamos em uma crise tão profunda. Hoje, a resolução ainda é a mesma. Ela difere da situação anterior apenas pelo fato de que, naquela época eles tinham um grupo de Macabeus que eram conhecidos por toda a nação como uma família distinta, uma dinastia de sacerdotes.

Hoje, não há nada como isso. Estamos em uma confusão total e não temos idéia de como viver mais. Parece que temos um Estado de Israel na terra de Israel e construímos a nação de Israel, mas não nenhum deles corresponde à definição interna dada por Abraão.

Entretanto, esta situação pode ser corrigida em um instante. Com efeito, no momento em que nos unirmos em garantia mútua, vamos provocar a força superior de acordo com a lei de equivalência de forma que irá combinar-nos em um todo. É assim que recuperamos a felicidade e alegria e nos sentimos poderosos.

Ficamos felizes porque revelamos a força superior que reina de novo entre eles, e abre o mundo espiritual. Depois que nos unirmos um pouco, apenas para modificar a nossa predisposição e direção, imediatamente vamos sentir a força superior que nos capacita a partir do interior.

Nós nem sequer temos que lutar mais; O Criador vai lutar por nós, uma vez que é a única força que anteriormente estava elevando o nosso egoísmo e criando dificuldades, particularmente para fazer com que nos elevessamos acima delas. Se tentarmos nos elevar acima delas e fazer o menor esforço para alcançá-las, a força superior irá completar o trabalho por nós. É por isso que os gregos simplesmente dessitiram. Isto é o que é chamado de “guerra espiritual”.

[95151]
Da KabTV “Cabalistas Escreveram” 4/12/12

Comente