A Dualidade Da Percepção

Dr. Michael LaitmanPergunta: Como eu posso verificar os esforços no grupo, e se eles devem ser verificados? Acontece que minhas próprias sensações me enganam, não é?

Resposta: Não importa. Nós ainda temos que pegar esses sentimentos, pegar nossas mentes, e trabalhar com eles, e novamente na dualidade! Este é o nosso problema.

Por um lado, os amigos aparecem em meus olhos para que eu tenha cada um deles alterados ou substituídos, eu também.

Por outro lado, tudo vem do Criador; Ele nos dá deliberadamente o estado a partir do qual gostaríamos de chegar à conclusão de que isso é perfeito porque vem Dele. A partir do estado de dualidade, confusão, incompreensão e conflito, de repente nós começamos a identificá-Lo.

Nós recebemos um substrato, a base sobre a qual podemos sentir. A base deve ser diferente, repleta de todos os tipos de espinhos. É quando nós temos uma abundância de sentimentos, propriedades, várias definições opostas. Então Ele é sentido. Caso contrário, não podemos sentir a Luz.

Apesar do fato de que estamos na nisso, ainda não temos o contraste entre o “eu” e Ele. Isso é o que nós estamos construindo, um novo órgão sensorial.

Pergunta: Isto é, eu verifico tudo, tanto individualmente como a partir do estado do grupo?

Resposta: Sim. Nós temos que estar constantemente em dois estados e analisar o que está acontecendo a partir de dois pontos do observador.

Da Convenção em Novosibirsk 08/12/12, Lição 3

Comente