A Arte De Trabalhar Na Linha do Meio

Dr. Michael LaitmanPergunta: O que é o trabalho na linha do meio (linha média) e como posso senti-lo?

Resposta: A linha do meio na verdade não existe. Afinal, existem duas forças ativas na natureza: a força de doação (em vermelho) e a força de recepção (em preto). Uma pessoa não é nenhuma delas. As duas forças emanam de Cima. Existe a força de doação que criou a força de recepção oposta a ela. Estas duas forças, digamos positiva e negativa, existem na natureza e tudo vem delas: o inanimado, vegetal e animal. O homem, claro, é uma “criação espiritual” e existe na comparação, na conexão destes dois parâmetros dentro dele.

The Art Of Working In The Middle Line

A Masach (tela) é o positivo, e o ego é o negativo. Ao conectá-los corretamente dentro dele acima de seu ego, e seguindo a fé acima da razão, o homem cria a linha do meio. Esta é toda a arte.

Isto significa que, por um lado, eu quero chegar mais perto dos amigos, apesar do meu ego, já que descubro o mundo espiritual apenas na conexão entre nós (a parte amarela no desenho). E o nosso ego (os círculos pretos no desenho) permanece e cresce ainda mais.

The Art Of Working In The Middle Line

As Sefirot e os mundos surgem entre nós, onde tudo é revelado. O mundo superior é externo a nós, externo ao nosso ego e acima dele, acima da conexão entre nós. Portanto, toda a sabedoria da Cabalá é baseada no princípio do “ama ao teu amigo como a ti mesmo”. Por quê? Porque quando você trabalha nele, sai de si mesmo e constrói um tipo de sensor na forma externa, começa a sentir a força preenchendo toda a parte superior. Você pode chamá-la de Criador ou força superior, como quiser.

Este é o nosso trabalho, e ele é cumprido na linha do meio.

Da Convenção em Novosibirsk 07/12/12, Lição 1

Comente