Nomes Com Um Conteúdo Interno

Dr. Michael LaitmanBaal HaSulam, “A Essência da Sabedoria da Cabalá”: as coisas reais são encontradas até mesmo na realidade corporal estabelecida diante de nossos olhos, embora não tenhamos percepção nem imagem de sua essência. Tais são a eletricidade e o magnetismo.

No entanto, quem pode dizer que esses nomes não são reais quando vividamente e satisfatoriamente conhecemos suas ações? Nós não poderíamos ser mais indiferentes ao fato de que não temos a percepção da essência do próprio objeto, ou seja, eletricidade em si.

Na “Introdução ao Livro do Zohar“, o Baal HaSulam nos dá o exemplo da água, que pode ser arrefecida até ficar sólida ou que pode ser levada ao estado de vapor e não pode ser vista. Em outras palavras, não podemos julgar de acordo com a nossa percepção se algo existe ou não, não importa o que seja. Isto é especialmente verdade em nossos tempos, quando descobrimos diferentes frequências, fenômenos quânticos, bactérias e outros fenômenos que não podem ser sentidos.

Na verdade, nós vemos que isso é muito mais complicado do que a imagem descrita pelos nossos cinco sentidos grosseiros. Eu não posso limitar por mais tempo o mundo a estes sentidos limitados. Na verdade, o mundo inteiro não é matéria, mas ondas e energia, e eu também sou assim.

Ao estudar diferentes fenômenos, nós os nomeamos de acordo com os nossos sentimentos. No passado, por exemplo, uma pessoa olhava para uma montanha e dizia: “É uma boa ideia plantar oliveiras nas encostas dessa montanha”. Desde então, essa montanha é chamada de “Monte das Oliveiras”. Existe uma realização espiritual nisso? Não. Por outro lado, a ideia não surgiu por acaso, mas de acordo com a ordem das Luzes dos vasos. Não há nenhuma; os nomes sempre resultam de alguma realização, neste caso, uma realização corpórea. Os Cabalistas descobrem fenômenos da realidade espiritual em seus sentimentos e, portanto, as chamam pelo nome. Além disso, esses nomes são preenchidos com um rico conteúdo interior que está estabelecido em diferentes aspectos, processamentos e componentes.

Da 4ª parte da Lição Diária de Cabalá 19/11/12, “A Essência da Sabedoria da Cabalá”

Comente