Furacões Alertam Os Humanos

Dr. Michael LaitmanOpinião (de A Voz da Rússia): “A natureza alerta a humanidade sobre o desastre iminente, mas a humanidade não quer ouvir. Os recentes desastres naturais são cada vez mais destrutivos e menos previsíveis, mas a humanidade dificilmente aprende com os desastres. …

“Reatores nucleares e cidades indefesas ainda surgem no caminho de tornados e tsunamis. …

“Os furacões se tornaram mais poderosos e ocorrem com maior frequência. O seu caminho é difícil de prever, e é mais difícil se preparar para eles. …

“Por exemplo, a atual tempestade Sandy tem um caminho completamente fora do padrão. Ela fez o seu caminho através da Flórida, Louisiana e teve um impacto nas latitudes ao norte. Isto é muito raro e, no passado, os furacões não se comportavam desta maneira. Além disso, Sandy foi quase o dobro do tamanho de outros enormes furacões. …

“O número de furacões aumentou de 20 a 30% e, acima de tudo, furacões muito poderosos. É por isso que é necessário se preparar para uma série de surpresas. … Furacões de tal poder não vão chegar a Rússia, e eles não podem ser criados localmente, visto que nascem sobre os oceanos. Mas os nossos próprios desastres naturais vão nos alcançar. … Há um aumento acentuado de tornados na Rússia central”;

Meu comentário: Nós não preenchemos a condição de equilíbrio com o sistema global integral da natureza, devido à nossa intervenção em todos os níveis: inanimado, vegetal, animal e, especialmente, humano. A nossa sociedade não é integral, mas individual, não está em homeostase. A falha em observar a unidade da natureza nos ameaça com o desastre.

A natureza vai nos forçar a mudar de ódio e competição para a unidade e a cooperação contra a nossa vontade. Como seus filhos inteligentes, nós podemos entender e reduzir o caminho do sofrimento antes das catástrofes, corrigindo a nós mesmos.

Comente