O Sistema Imunológico Da Sociedade Integral

Dr. Michael LaitmanPergunta: É de conhecimento comum que o organismo humano tem um sistema imunológico que bloqueia e destrói as células velhas defeituosas que ainda estão vivas. Se compararmos isso com a sociedade integral, isso significa que este sistema tem que se livrar das pessoas velhas doentes?

Resposta: Não. A questão é que aqui nós precisamos de um sistema que separe o que é benéfico e o que é prejudicial. Não há nada prejudicial na natureza. Tudo é revelado desta forma para nós porque não sabemos como e o que implantar corretamente. Nada é destruído na natureza. Tudo que a natureza desenvolve é necessário e por isso deve ser o mesmo na sociedade humana. Isso significa que nós iremos ver como as várias forças negativas rebeldes permanecem fora do nosso sucesso na educação integral, porque nós não fazemos o esforço correto.

Com base nesses exemplos, vamos apenas aprender a melhorar o nosso sistema de educação e ensino e, assim, avançar. Nós deveríamos ser gratos a todas as revelações de nossas deficiências, porque elas constantemente nos obrigam a desenvolver este método, e servirão como base para o seu desenvolvimento.

Eu creio que a revelação dos atributos negativos é tão benéfica quanto a revelação dos atributos positivos. É o feedback negativo que corrige o nosso foco para o objetivo final.

Pergunta: Ocorre que a transferência direta do modelo de organismo humano, ou do que vemos na natureza, e nossa tentativa de implantá-lo sem explicar as verdadeiras razões do porque ocorre assim na natureza, na verdade, leva a grandes problemas.

Resposta: Não. Aqui ele é implantado no modelo de um corpo vivo fechado, que temos que manter equilibrado. A fim de fazer isso, temos que separar, esclarecer e analisar os elementos ou os atributos que recebemos de fora e o que nós precisamos.

Isso é porque nós percebemos que não importa o quanto tentamos absorver apenas o que é benéfico do ambiente que nos rodeia, um monte de coisas prejudiciais também entra no organismo. O que é prejudicial precisa ser identificado, coletado, e evacuado  do corpo. Isto é o que os nossos sistemas fisiológicos fazem, e é o mesmo no nível cognitivo. O sistema imunológico permanece de guarda e destrói tudo o que penetra no organismo que é hostil ao corpo.

Eu acho que este sistema tem de ser criado na sociedade até atingir sua forma final. Se uma determinada parte da humanidade está no processo de tornar-se integral, ela certamente vai ter que definir alguns limites e fronteiras em torno disso, de modo que os forasteiros não serão capazes de influenciá-lo. Isto significa que, em contraste com o resto da humanidade, essas pessoas vão ter que viver de acordo com as leis e constituições e diferentes relações sociais e familiares, que elas aceitam de acordo com os seus níveis espirituais e seus desenvolvimentos altruístas.

É claro que, como um organismo saudável, elas vão ter que se proteger das más influências externas. Aqui deve haver um sistema imunológico que avise se uma influência negativa é sentida na sociedade, e deve imediatamente identificar e removê-la.

De KabTV “O Mundo Integral: A Fórmula da Sociedade Integral”, 01/07/12

Comente