Se Você Não For Até O Mundo, O Mundo Irá Até Você

Dr. Michael LaitmanBaal HaSulam, “A Serva que é Herdeira de Sua Senhora”: As Raízes Superiores, chamadas de “externalidade”, como já explicado acima, são geralmente chamadas de “serva” e “escrava”. Isso visa mostrar que elas não têm a intenção de prejudicar, como pode parecer numa análise superficial. Em vez disso, elas servem a interioridade, como o escravo e a escrava que servem seus mestres.

Parece que o mundo está cheio de conflitos, guerras, ódio e problemas, e embora pudéssemos realmente gerir entre nós pela cooperação e reciprocidade, no final, tudo é destinado a uma coisa: mesmo na situação atual, todos servem a todos. É muito difícil aceitar isso, e mas é assim que funciona. As relações entre nós podem parecer desagradáveis e horríveis, mas ainda todos servem a todos.

Claro, não podemos aceitar esta forma de satisfação; pelo contrário, podemos sustentar a mesma coisa de uma maneira mais rápida, melhor e mais confortável. Ainda temos que aceitar a Providência superior: não importa o que aconteça, tudo acontece com a finalidade da correção mútua.

Pergunta: Hoje eu ouvi a notícia de que os líderes iranianos querem destruir Israel. Eu tenho que dizer a mim mesmo: “Isso é bom, isso nos serve?”.

Resposta: Não há dúvida de que nos serve, mas nós poderíamos aceitar a atual fase do nosso desenvolvimento de uma maneira mais agradável e confortável, se nos relacionássemos corretamente com o que está acontecendo. O problema está em nós, no povo judeu, e por isso atraímos sobre nós especificamente esta forma de pressão externa, em vez de uma atitude amigável.

As forças de desenvolvimento são expressas desta forma já que não estamos nos preparando para aceitá-las corretamente. Quem mais dever culpar além de nós mesmos? É deste lugar que derivam todas as acusações dos judeus.

Afinal de contas, a iniciativa está em nossas mãos; nós temos o método, e em torno de nós estão os desejos que clamam: “Por que vocês não vêm com a correção?!”. Em vez de presentes e sinais de amor, eles se aproximam de nós com ameaças, uma vez que não lhes damos o que eles precisam.

No todo, o mundo é equilibrado, e este é o mundo de Ein Sof (Infinito). Se nós o fizermos perder o equilíbrio por não julgar o mundo à escala de mérito, a escala da culpa se ergue, por não cumprirmos com a nossa obrigação. O Rav Kook escreve sobre isso: Caso seja impossível soprar um Shofar da redenção kosher, os inimigos de Israel chegam, Amaleque, Hitler, etc., e sopram em nossos ouvidos … e evocam a redenção. Ele diz que Amaleque, Hitler, etc., evocam a redenção.

Mais adiante ele diz: A nacionalidade também faz parte da vara dos “problemas dos judeus”, aqui também vemos a redenção, mas você não pode abençoar este Shofar.

“Você não pode abençoar”, mas também é um Shofar …

A questão toda é que estamos no mundo de Ein Sof, e somos os únicos que determinam como ele vai aparecer para nós, qual de suas partes vai parecer “branca” para nós e qual vai parecer “negra”. Portanto, não há nada para chorar. Ahmadinejad nos desperta para alcançarmos a correção mais rapidamente. Além disso, a crise global nos empurra. Se ela começou em algum lugar distante e chegou até nós, isso significa que estamos atrasados em nosso desenvolvimento, na nossa capacidade de apresentar o método de correção às nações do mundo.

O pior é que inconscientemente nós esperamos que, como resultado dos problemas, elas nos entendam, em vez de ter que correr a elas para explicar de todas as formas possíveis a solução para o problema. Nós não nos preocupamos com isso da maneira como deveríamos. Há muito a fazer, mas nós agimos de forma irresponsável, sem sentir que somos culpados pelo que está acontecendo, e por isso os problemas estão se aproximando de nós. Não será como os povos ameaçam, será muito pior do que isso.

Da 4ª parte da Lição Diária de Cabalá 02/09/12, Artigo, “A Serva que é Herdeira de Sua Senhora”

Um Comentário

  1. Então as guerras e catástrofes ,são para nossa correção? Se já passamos por duas grandes guerras mundiais e não percebemos a necessidade de nos aproximar-nos como na verdade soms dependentes cada um por todos e todos por um,para que reine a paz e harmonia e nos aprocimar´nos do Criador? –

Comente