“O Mundo No Limite”

Dr. Michael LaitmanOpinião (Lester R. Brown, presidente do Earth Policy Institute, Washington, Mundo no Limite: Como Evitar O Colapso Ambiental e Econômico ): “No verão de 2010, altas temperaturas recordes queimaram Moscou do final de Junho até meados de agosto. … O calor recorde encolheu colheita de grãos da Rússia de cerca de 100 milhões de toneladas para 60 milhões de toneladas. Esta queda de 40 por cento, associada à proibição de exportação de grãos, ajudou a elevar os preços do trigo mundial em até 60 por cento em dois meses, elevando os preços do pão em todo o mundo. …

“Se a temperatura de Julho em Chicago estivesse em média 14 graus acima do normal, como aconteceu em Moscou, seria o caos nos mercados mundiais de grãos. Os preços dos cereais subiriam rapidamente às alturas. Os preços dos alimentos disparariam em todo o mundo. Muitos países exportadores de grãos, tentando segurar para baixo os preços dos alimentos domésticos, restringiriam ou mesmo proibiriam as exportações, como fizeram em 2007-08.

“Países exportadores de petróleo tentariam trocar óleo por grão. Importadores de grãos de baixa renda perderiam. Em vez de ser dominado por cenas de fumaça e fogo em Moscou, o noticiário da TV passaria imagens ao vivo de distúrbios alimentares em países de baixa renda importadores de grãos, reportagens da fome se espalhando, governos caindo e estados fracassando. Com os governos em colapso e com a confiança no mercado mundial de grãos quebrada, a economia mundial poderia começar a desalinhar”.

Meu comentário: A Natureza nos força para o canto, e ela vai fazer isso até que percebamos que temos que mudar a nós mesmos ao invés do mundo.

Comente