A Fome Não É O Nosso Método

Dr. Michael LaitmanPergunta: Quando nos voltamos para o público em geral, primeiro nós propomos a eles que se unam a fim de resolver seus problemas diários. Então, o verdadeiro significado da unidade será revelado, isso é verdade?

Resposta: Sim. De uma intenção egoísta (Lo Lishma, não por causa Dele), nós passamos para uma intenção altruísta (Lishma – por causa Dele). Baal HaSulam escreve sobre isso na Introdução ao Estudo das Dez Sefirot (artigos 138-139): “As pessoas se voltam à Torá a partir do pior estado”. Nós podemos perguntar: Quem as deixa? Quem lhes deu permissão para fazê-lo? As fontes descrevem em lendas como os anjos perguntaram ao Criador: “Como Você pode dar Sua Torá, Seu estudo para tais criaturas inferiores?”. Mas Moisés vence os anjos com a pergunta: “Vocês sentem inveja? Existe uma inclinação ao mal em vocês?”. Esta é a única maneira; nós temos que usar a força da Luz nas situações que o Criador nos envia de propósito, quando não há nada em nossa alma.

Portanto, nós temos que apresentar o método de correção para as pessoas e explicar que devemos nos conectar e unir. Quanto mais suave e acessível transmitirmos esta mensagem, mais rápido elas a aceitarão e não se deteriorarão em fome e estados críticos reais.

Hoje, nós não estamos morrendo de fome, mas sentimos as limitações e a crescente pressão das circunstâncias. Se agora, enquanto a situação ainda não é ameaçadora, conseguirmos convencer as pessoas, as coisas funcionarão. Se não o fizermos, as coisas vão piorar e deteriorar a um nível em que seremos capazes de atender às massas e alcançá-las. Então, seremos capazes de apresentar as explicações certas a elas e elas nos ouvirão.

Mas nós temos que levar a elas a informação sobre o que está acontecendo agora, por amor e preocupação. Nem mesmo uma fração do mal foi revelada e já temos que pensar em como superar a crise. Mas hoje nós “vamos ao povo” não para participar em manifestações, mas para explicar.

Além disso, em Israel nós cooperamos com outros movimentos sociais, a fim de criar uma rede de conexão entre as pessoas. Há muitas organizações e círculos que podem cooperar conosco no processo. Nossa participação é suficiente para iniciar o apoio do Alto.

Da 4ª parte da Lição Diária de Cabalá 05/08/12, “Introdução ao O Livro do Zohar

Comente