Ensina-me A Viver

Dr. Michael LaitmanOpinião (Mark Sandomirsky, psicoterapeuta): “‘Os mais jovens muitas vezes sabem mais do que os mais velhos. O progresso tecnológico é muito rápido e a diferença na percepção do mundo entre crianças e adultos é enorme.

“A chamada sociedade pre-figurativa tem sido formada, o que em princípio é facilmente explicado: crianças processam o campo de informações de forma diferente, assimilam os dados mais rapidamente e para os adultos é mais difícil manter-se com os avanços da tecnologia. É por isso que uma criança de cinco anos de idade pode facilmente ligar qualquer dispositivo elétrico e dizer a sua avó como usá-lo.

“E a pessoa só poderia ficar feliz que uma nova geração está avançando se não fossem os problemas decorrentes desta distância entre adultos e crianças.

“O primeiro problema é que a geração mais jovem desenvolve a ilusão do acesso ao conhecimento: você pode dar um ‘googlear’ qualquer informação e encontrá-la na Internet. O segundo problema é que o seu senso de superioridade destrói a autoridade dos adultos. Esses dois problemas estão concentrados justamente na escola, mas é simplesmente impossível resolvê-los na atual organização da escola. …

“Duas coisas ainda são necessárias para a efetiva aprendizagem dos filhos. Em primeiro lugar, eles devem se unir para competir uns com os outros, incluindo a avaliação, pois a concorrência é o melhor estímulo para a aprendizagem. Em segundo lugar, eles só precisam de um adulto, que seria a autoridade moral para eles e coordenador do fluxo de informações’”.

Meu comentário: Nós precisamos ficar juntos, não para desenvolver habilidades competitivas, mas para desenvolver o apoio mútuo e a compreensão de que na sociedade integral é justamente a cooperação que dá origem ao sucesso.

Comente