Descida Dos Cabalistas

Quando um Cabalista experimenta um estado de descida espiritual, todas as suas realizações anteriores desaparecem de sua consciência. Quanto mais alto ele sobe, maiores as descidas entre os graus.

Por exemplo, uma vez, o Baal Shem Tov disse a seu assistente que ele queria partir para a Terra Santa imediatamente. Eles embarcaram no primeiro navio. No caminho, eles encontraram uma tempestade e o navio foi arrastado para fora do curso. No terceiro dia, a tempestade amainou e o mar se acalmou.

Eles pararam numa ilha, e todos foram explorá-la, já que esta ilha era desconhecida para os marinheiros. O Baal Shem Tov e seu assistente se afastaram e se perderam. De repente, eles foram atacados por bandidos que os amarraram e começaram a afiar as facas.

O assistente pediu para o Baal Shem Tov fazer algo imediatamente. Sua resposta foi: “Agora, eu não sei nada. Toda a minha força foi tirada de mim. Talvez você se lembre de algo que eu te ensinei? Lembre-me”.

O assistente respondeu: “Eu não sei nada. Tudo que eu lembro é o alfabeto”. O Baal Shem Tov gritou: “Por que você não o recita para mim?”.

O assistente começou a recitar as letras do alfabeto, e o Baal Shem Tov repetiu em voz alta com grande inspiração, até que ele ganhou toda a sua força de volta e arrancou as cordas.

Eles ouviram um toque do sino e viram o velho capitão aparecer junto com os soldados. Ele assustou os bandidos e libertou os cativos. Então, ele os levou de volta para o navio e logo os deixou em Istambul.

Comente