Uma Carga Positiva

Dr. Michael LaitmanO caminho é difícil se estivermos em nosso ego e quisermos realizar alguns planos egoístas entre nós. Ao tentar resolver os problemas no plano egoísta, vamos constantemente lutar, discutir, discordar e isso nunca vai acabar.

Mas se subirmos acima do nosso ego, a fim de nos conectar e ver todos os argumentos e conflitos entre nós como um convite para conexão, como “ajuda em contra”, nós nos sentiremos constantemente felizes e poderosos, exaltados e capazes de tudo. Se não formos capazes de fazer algo, vamos ter a quem pedir ajuda. Isto é, nós atingimos a solicitação ao superior, uma oração, o que não seria capaz de atingir de outro modo.

Esta não é apenas uma oração, mas a “oração coletiva” (de muitos) que eu oro por todo o grupo e não para mim. Pedir para mim não ajuda; pelo contrário, mantém-me afastado e me empurra para o caminho do sofrimento.

Assim, durante as mesas-redondas, nós dizemos que queremos deixar toda a discussão. Nós não queremos discutir e descobrir quem está certo e quem não está, e em que medida. Este não é um debate dentro do governo. Aqui há pessoas que querem estabelecer uma nova conexão, sem a qual a humanidade está condenada.

Isso só é possível se pararmos todos os argumentos entre nós e subirmos para um novo nível de conexão, de modo que o “amor”, que está acima de tudo, “cobrirá todos os pecados”, que são deixados abaixo. Nós não mencionamos os pecados, como se eles não existem. E construimos uma cúpula acima de nós.

Isto é o que queremos alcançar nos debates nas mesas redondas. Antes de fazer isso em público, temos que aprender a implantá-lo em nosso grupo. Portanto, precisamos aproveitar todas as oportunidades de nos conectar, a despeito de todos os nossos argumentos, conflitos e rejeições.

Dessa forma, o campo de força superior age em nós, evocando tais reações em nós e convocando conflitos, de modo que vamos precisar da ajuda do superior. Como se diz: “Aquele que traz a paz no céu vai trazer paz sobre nós”.

Nós precisamos chegar a um estado em que este campo de força vai nos influenciar não pelo seu polo negativo, mas pelo seu polo positivo, na direção oposta. Cada campo de força, cada ímã, tem um efeito positivo ou negativo, pelo polo norte ou polo sul. Tudo depende da nossa direção, da nossa carga – da nossa intenção.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 21/06/12, Shamati # 30

Comente