A Sociedade Integral É Uma Fonte De Energia

Dr. Michael LaitmanPergunta: Como a conexão no ambiente integral irá garantir que a pessoa tenha pelo menos o suficiente para comer?

Resposta: Suponha que as pessoas estejam separadas, não querem se comunicar e têm um olhar triste e vazio em seus olhos. Coloque-as num círculo uma ao lado da outra para que elas toquem seus joelhos, como crianças, e coloquem as mãos sobre os ombros ou joelhos de cada uma, e comecem a sentir uma a outra.

Você vai ver como elas começam a despertar certo campo coletivo e, de repente, desde dentro, os sinais de vida começam a surgir nelas. Tudo isto é porque elas estão se tornando semelhantes ao sistema geral integral, ao despertar nelas mesmas o poder deste sistema, não de forma linear, mas integral, num círculo, e este poder gradualmente começa a agir nelas, girando como um anel, como uma corrente num condutor que cria um campo.

Assim, as pessoas começam a despertar, uma vez que todas juntas dentro do círculo são iguais ao sistema global que a natureza nos apresenta agora. Elas recebem poderes, desejos, uma mente e novos atributos que são baseados na cooperação, na integralidade.

Aos poucos elas começam a sentir o mundo e a vê-lo através de um atributo integral que é liberado para elas através deste poder coletivo. Cada uma delas deixa de sentir o seu “eu” e começa a sentir o “nós” geral, o estado de união onde não há “eu”, nem “você” e nem “ele”, mas apenas um “eu” que existe entre todos e através do qual eles veem tudo.

Então, surgem novas condições, atributos, poderes e opções, num novo nível, e a partir daí elas crescem. Elas se separam do passado, uma vez que isso significa cair no vazio e na tristeza.
Hoje, uma pessoa pode ser membro da sociedade integral e só através dela receber o poder, ideias, metas e valores, e agir para alcançá-los. Se ela não estiver incluída na sociedade integral, ela não tem nenhuma fonte de energia ou desejo, não pode trabalhar e não será capaz de agir.

O mesmo ocorre com o mundo inteiro. Claro, todos os países chegarão a isto. Especialmente agora, quando milhões de pessoas desempregadas vão estar nas ruas, a classe média vai desaparecer aos poucos e, assim, perder a sua singularidade. Se não trabalharmos com elas, um futuro terrível espera por essas pessoas.

Da “Discussão sobre Formação Integral” 23/05/12

Comente