A Humanidade Está Ameaçada de Extinção?

Pergunta: Hoje, nosso planeta está sendo coberto por uma necessidade inconsciente instintiva de destruição. Como podemos impedir isso? Por exemplo, uma pessoa que está destruindo a si mesma por causda do o álcool atinge um certo ponto onde ela ou perece ou muda radicalmente e começa a levar uma vida normal.

Resposta: Espero que uma virada para o melhor aconteça aqui no futuro próximo também. Espero que isso vá acontecer antes de termos completamente esgotado todo o planeta e aniquilado a maioria da sua população, após a qual nem mesmo o esqueleto das ruínas restarão como nos filmes de ficção científica sobre o futuro onde as pessoas vagam pela Terra como criaturas primitivas, alimentando-se de algumas raízes, depois de ter sobrevivido a esta catástrofe, a bifurcação.

Para fazer essa virada positiva acontecer o mais cedo possível, estamos tentando divulgar o método de educação integral e educação. Mas, francamente, não encontramos apoio suficiente entre o público em geral, temos pouca força. Então eu não posso dizer que sinto um profundo sentimento de satisfação.

No entanto, eu não acredito que a humanidade vai desaparecer, porque não é intenção da natureza ou o seu plano:  Esta cadeia toda é construída sobre o curso racional de causa e efeito constantes, leis e graus. Portanto, não vai trazer-nos a uma aniquilação completa.

Mas podemos deixar-nos levar para um estado onde a fração restante minúscula de pessoas que sobrevivem depois de todos os desastres naturais (em ambas as guerras e mundiais), o que nós mesmos iremos evocar, essas pessoas vão no entanto, chegar a um equilíbrio com a natureza e revelar a natureza superior como absoluta harmonia, integridade, unidade e integridade, e que vai existir a este nível.

Este não é um grau terrestre. É agora um grau em que uma pessoa alcança não o universo que vemos hoje através do nosso egoísmo individual, mas uma imagem completamente diferente, a imagem estérea, cheio de natureza. Nós não vemos uma imagem plana de criação, mas sua profundidade, junto com as forças que evocam esse quadro e o governa, e todos nós juntos.

Vamos ver tudo o que está por trás desta tela, por trás desse teatro. Afinal, não conhecemos as forças que nos governam. Nós não sabemos o que vai acontecer no momento seguinte. Precisamos conhecer essas forças, para revelá-las. Espero que tudo isso vá se manifestar. Mas só vai se manifestar quando o homem se tornar pelo menos, de algum modo semelhante ao da integralidade e totalidade da natureza.

[80349]
De uma “Conversa Sobre a Educação Integral” de 21/05/2012

Comente