Uma Profusão De Perguntas Sobre Os Workshops

Dr. Michael LaitmanPergunta: Será que um sentimento de irritação e ódio para com o outro surge durante os workshops?

Resposta: Não necessariamente. Não devemos esperar por isso. Mas se surgir, isso significa que podemos subir acima dele. Mas, em geral, podemos estar num campo tão bom que ele não surgirá.

Pergunta: Uma vez, eu cheguei ao workshop desanimado e deixei-o cheio de felicidade. Agora, eu estou sempre procurando essa tristeza antes do workshop. Isso é correto?

Resposta: Não! Por que eu deveria procurar alguma coisa, especialmente algo ruim? Você não deve! Eu me elevo do bom até o melhor.

Pergunta: É desejável ficar andando durante o workshop?

Resposta: Não! Somente se a pessoa tem problemas físicos, então não há nada que você possa fazer; é acima da natureza. Não há desculpas!

Naturalmente, todos os telefones devem ser desligados, tudo em silêncio absoluto: agora, nós estamos trabalhando na subida para o mundo espiritual, para o próximo nível. É possível que isso aconteça durante um dos workshops, ou entre eles; não importa, mas em geral essa ação é a subida ao nível espiritual.

Pergunta: Como você deve responder se o grupo sugere que você deva deixar o workshop, porque eles pensam que você os perturba?

Resposta: Se o grupo pensa assim, a pessoa deve obedecer. Mais tarde, ela pode exigir uma explicação, mas no momento ela tem que sair da sala, e mais importante, rapidamente, sem argumentos, para permitir que outros continuem a se unir.

Pergunta: Às vezes ocorrem pausas durante os workshops.

Resposta: Eles surgem porque você não quer se identificar! Você não inclui o que o amigo diz a si mesmo. Asim, você obteria um quadro completo.

O mesmo acontece na sala de aula, a menos que seja uma lição percebida somente pela mente.

Pergunta: Será que a pessoa precisa apenas manter o centro do grupo dentro de si?

Resposta: Você não precisa manter este centro. Se você está sempre tentando ser incluído nos outros, você inevitavelmente se encontra no centro.

Da Lição Virtual 20/05/12, “Fundamentos da Cabalá”

Comente