Uma Aliança De Almas Relacionadas

Dr. Michael LaitmanPergunta: Não está claro como pessoas modernas que não querem ter filhos, de repente, tenham esse desejo.

Resposta: É graças ao fato de que começamos a nos conectar mutuamente em todo o mundo. Através da formação de conexões com base no amor acima da repulsa e do desprazer, começamos a entender o poder interno que está oculto nestas relações. Nós veremos em que medida a doação aos outros nos preenche

Então, a mulher vai gostar de estar em tal relacionamento com seu marido, com certo esposo, e não algum parceiro aleatório, como nós vemos nos dias de hoje. Em seguida, eles serão capazes de estabelecer uma relação mútua e construir uma família, não no nível biológico, sexual, mas no nível da conexão espiritual. Em tal família eles vão sentir que é possível expandir o relacionamento, realizá-lo através das crianças. Este é o resultado da aprendizagem de uma pessoa para se conectar com o mundo.

Nós sempre vivemos egoisticamente. Nós demos e recebemos egoisticamente, mas agora o mundo inteiro vai chegar a uma conexão altruísta. Primeiro, é sob a forma de “doação a fim de doar”; depois, é sob a forma de “receber a fim de doar”. Vamos entender que vale a pena chegar a uma forma de receber, a fim de aumentar nossa doação.

Pode parecer uma linguagem sublime, mas de acordo com o ritmo do nosso desenvolvimento esse futuro está muito próximo. Claro, é muito difícil compreender isso, visto que a pessoa não muda. Mas mudando gradualmente, começamos a compreender o nível em que estamos e um pouco acima dele.

Eu acho que quanto mais a pessoa se corrige, tornando-se mais integrada e conectada aos outros, ao tratar os outros com amor, doação, preocupação, compreensão mútua e garantia mútua, a sua atitude para com o outro sexo, para com seu parceiro ou parceira, também será alterada, bem como suas atitudes em relação aos laços familiares e às crianças.

Afinal, nós nunca sentimos o que é amor. Nós agimos de acordo com nossos instintos naturais e, dessa forma, escolhemos o cônjuge direito. Mas agora nossos relacionamentos mais próximos serão baseados num sentimento interno, depois que aprendermos a viver acima do nosso ego.

A Natureza nos obriga a estabelecer tais relações globais em todo o mundo. Assim, nós não vamos olhar para o outro sexo no plano animal, físico, onde a família já entrou em colapso. Vamos criar uma aliança familiar num nível espiritual mais elevado, e estabelecer conexões de doação mútua.

Através dessa doação eu vou começar a me sentir de forma diferente em relação ao meu cônjuge e ele vai se sentir da mesma forma em relação a mim, de modo que haverá uma nova conexão entre nós, como se diz: “um homem e uma mulher, se tiverem sido agraciados, a Divindade está entre eles”, o que significa uma conexão especial. Graças a esta conexão, vamos começar a pensar em filhos. Esta será uma família totalmente diferente, não vamos voltar ao que era no passado, mas sim aumentar a nossa conexão, do nível material e físico, ao nível das almas, ao nível espiritual.

A família terá a mesma forma: um homem, uma mulher e filhos, mas o significado e o objetivo serão totalmente diferentes.

Da “Conversa sobre uam Nova Vida” #19, 02/02/12

Comente