O Jeito Da Mãe

Dr. Michael LaitmanPergunta: Existe alguma diferença entre homem e mulher na espiritualidade?

Resposta: Não. Em cada um de nós existem duas partes: feminina e masculina, e com elas nós avançamos. No entanto, com relação à união no grupo, as almas masculinas e femininas são um pouco diferentes em suas abordagens. As mulheres se unem de acordo com a sua força, enquanto os homens devem se conectar e se unir com todos os seus corações, nos mais fortes laços fraternais.

Aqui, toda a questão é a singularidade da alma: a alma masculina pertence mais a GE (Galgalta Eynaim ) e a feminina ao AHP (Awzen, Hotem, Peh). Mas ambas precisam atingir o nível superior, e ao longo do caminho das mulheres não há obstáculos especiais.

Eu sugiro muito e peço às mulheres que se preocupem com os homens, empurrem-nos para se unir e conectar, façam num círculo em torno deles, a fim de impedi-los de sair. Afinal, os homens permanecem como crianças durante toda a vida. Eles não têm o mecanismo de dar à luz e se preocupar com os outros. Eles não mudam, só aumentam de tamanho.

Por outro lado, quando uma mulher se torna mãe, ela passa por várias alterações hormonais, de uma forma ou de outra. Nela está oculto o mesmo potencial, o mesmo desejo, o mesmo entendimento. Assim, ela está mais ligada conectada vida, à natureza. Ela é mais lógico, mais realista. Os altos e baixos a tocam menos do que no homem, já que o seu corpo é usado para “engolir” esses golpes regularmente.

Esta é a razão pela qual as mulheres precisam ajudar os homens, e isso é falado muito na sabedoria da Cabalá. Sem a ajuda das mulheres, os homens não vão atingir a meta. Portanto, cuidem deles como mães que amam seus filhos.

Da Convenção no Brasil 06/05/12, Lição 5

Comente