Cirurgia Cardíaca Aberta

Pergunta: Qual é o pequeno esforço que precisa ser feito por cada pessoa, a fim de abrir seu coração e finalmente revelar a abertura para o mundo espiritual?

Resposta: Em primeiro lugar devo incluir todos no meu coração. Você pode pensar sobre isso ou manter nas suas sensações. Tudo depende de como você trabalha no coração e na mente. Você pode não querer permanecer nas suas sensações, mas depende da pessoa.
Para mim, elas ajudam a adicionar razão porque reforça a minha sensação. Eu absorvo tudo em meu coração e lembro-me que o universo inteiro está contido dentro de uma pessoa, e que encarna todo o mundo. Eu incluo todos os meus amigos em meu coração, porque, por enquanto, eu sou incapaz de incluir o mundo inteiro. Se eu possuir uma aspiração para os meus amigos e companheiros, então, sem dúvida, eles possuem uma aspiração para mim também. Não precisa nem falar sobre isso. Eu realmente começo a sentir que eles existem dentro de mim, como uma mãe que se sente dentro dos seus filhos.

Assim posso obter uma percepção mais acurada da realidade, que existe dentro de mim. Baal HaSulam escreveu que a imagem do mundo ocorre na parte de trás do nosso cérebro e a sensação do mundo ocorre em nosso coração. Não há mundo fora da minha sensação.

Meu coração é Malchut do mundo do Infinito, mas se eu incluir todos dentro de mim, então eu me torno Adam ha Rishon (primeiro homem) e a imagem do Criador se revela dentro de mim. Meu material terá a forma de Adam e quando a forma do Criador tornar-se vestida nele, ela é chamada de adesão do Criador com a criação ou unificação de Zeir Anpin com Malchut.

Eu recebo a confirmação de cada parte e tudo que eu preciso fazer é absorver toda a realidade internamente. Começo este trabalhando com os amigos porque podemos influenciar e ajudar um ao outro.

A primeira abertura do coração depende da minha compreensão do fato de que eu não tenho outra opção. Eu levantei minhas mãos em desespero, vendo que eu não consegui nada. Tenho a certeza de que não há outro caminho para alcançar a fonte da vida e atingir sua finalidade. Portanto, eu estou pronto para abrir.

Embora possa ser que você pode decida que não explorou todas as suas opções. Isso é porque o egoísmo de uma pessoa sempre tenta convencê-la que ela ainda pode tentar obter sucesso por si própria através de diferentes meios.
Apenas com o resultado de se ficar totalmente decepcionada, a pessoa concorda em se unir com os amigos. Esta é a última coisa que me resta fazer. Se eu ficar decepcionado com todas as minhas atividades, se todas as minhas tentativas de sucesso terminam em fracasso, só, então, como resultado da minha desesperança, desespero e extrema pressão eu concordo em me unir.

Isso é semelhante a uma criança que seria feliz em estar dentro da mãe, ela não quer sair, mas a pressão a está empurrando para fora dela! Você acha que os filhos de Israel queriam sair do Egito? Enquanto eles estavam no deserto eles já se arrependiam de ter deixado o Egito, onde ele tinham tudo. Ninguém quer nascer no mundo espiritual, porque somos todos egoístas. É uma transição muito difícil e é por isso que é tão estreita (Tzar) e chama-se as dores de parto (Tzirim).

Diz-se que se uma fêmea grávida vai ao alto nas montanhas e até que uma cobra se aproxime e a morda, ela não será capaz de dar à luz. A serpente representa o pior egoísmo, e até que se revele em uma pessoa, ela não está pronta para nascer.

[71428]
A partir da Convenção de Arava,  Lição Convenção # 3, 24/2/12

Material Relacionado:
À Beira Da Primeira Revelação
Vendo O Mundo Através Do Prisma Da União

Comente