Não É Uma Crise Do Capitalismo, Mas Do Individualismo

Dr. Michael LaitmanOpinião (V. Ganzhin, Instituto de Pesquisa Global e Movimento Social ): “Crise é uma contradição entre o objetivo e os meios do capitalismo. É uma violação da troca entre pessoas, uma catástrofe social. É um estado em que a superprodução de mercadorias não coincide com o consumo limitado pela capacidade das pessoas de pagar suas contas (solvência).

“Tudo é construído em cima da ganância por dinheiro. Os vendedores aumentam os preços. O objetivo do capital é aumentar os lucros. O principal estímulo para um capitalista é a ganância por dinheiro e o desejo de aumentar receitas. Para alterar esta situação, é necessário renunciar a orientação para o dinheiro, para a rentabilidade. É essencial criar uma produção focada nas ‘necessidades humanas’, para reestruturar a produção, de modo que a satisfação das necessidades humanas ao invés dos lucros torna-se seu principal objetivo.

“Redução do tempo de trabalho. Como meio de vida, o trabalho vai desaparecer. A produtividade do trabalho vai se tornar tão eficaz que o tempo que necessário para produzir bens vitais será completamente minimizado.

“Crise é uma contradição entre o objetivo e os meios do capitalismo. A principal coisa é recusar o principal incentivo do modo de produção capitalista: a orientação financeira e a rentabilidade. Os capitalistas, os governos e a atual mentalidade geral da sociedade consideram a expansão do consumo e um maior crescimento da solvência como a salvação da crise. Mas, na verdade, o verdadeiro resgate não está nas garantias sociais; a crise exige a libertação do próprio capitalismo”.

Meu comentário: Esta não é uma crise do capitalismo, é uma crise do individualismo. Não é uma simples crise de superprodução capitalista, mas sim o nascimento de um novo nível da humanidade-uma comunidade integral. Em vez de lutar com o capitalismo, devemos construir a sociedade da garantia mútua, criando um ambiente educacional que irá influenciar as pessoas. Só a transformação da consciência humana vai nos elevar a um novo nível de existência. Caso contrário, a natureza nos obrigará a isso através de suas forças severas do desenvolvimento.

Comente