Os Criadores de Mito

Pergunta: Será que podemos livrar-nos das crenças se precisamos acreditar em algo em que não atingimos ainda?

Resposta: Abraão atingíu seu nível depois de ter quebrado todos os ídolos. No segundo nível, entrou no “forno”. Nessas fases, a pessoa se desliga de todas as conexões entre a realidade imaginária “bestial”, que ela descobre em seus cinco sentidos e a realidade espiritual.

Isto é muito difícil. Você não consegue se livrar dos mitos, os hábitos e os preconceitos completamente até que você entre no mundo espiritual. Sem opção, uma pessoa ainda imagina uma espiritualidade paralela para a corporalidade, que governa seus desejos, seus atributos, e seus sentimentos.

Somente a revelação da Luz pode ajudar uma pessoa se livrar de todas as imaginações e as imagens místicas com as quais ela está acostumada . Até então, os “anjos” e os “demônios”, os “fantasmas”, o Criador e o ser criado, o “halls” e os “céus” ainda estão descritos como algo externo. Mesmo que ela entenda o que são todas as forças, ela ainda acha que operam do lado externo e não dentro dela. Ela simplesmente não as descobriu dentro dela ainda.
Então eu tenho que trazê-las para mim, para identificá-las como as forças da minha alma. Não há mais nada além delas, incluindo o que eu sinto agora, incluindo o grupo, a realidade, o Criador. Eu sinto tudo isso nos meus desejos. Não tenho a percepção fora deles. Mas podemos viver nesta imagem interna só se chegarmos a revelação. Só então a nossa atitude para com a filosofia, crenças e mitos e as percepções erradas com as quais nos acostumamos mudarão, mas não antes.

Nesse meio tempo uma pessoa pode amarrar uma fita vermelha em seu pulso, meditar e imaginar coisas diferentes e até mesmo se sentir bem ao fazer isso, mas apenas no curto prazo, no nível corporal. Ela acalma-se psicologicamente e adquire um sentido imaginário de segurança ….

Mas nós estamos falando sobre a percepção real, uma mudança qualitativa interna, quando nós nos corrigirmos e subimos e, graças a isso, tratamos nossos problemas corretamente. Afinal, eles vêm para que eu possa identificá-los e imediatamente mudamos a minha atitude de recepção para doação.

Mas em vez disso, eu compro água benta e doô a instituições de caridade, etc. Em outras palavras eu não corrígo a razão do mal que eu sinto em um dos meus desejos, mas sim compro uma compensação psicológica se eu tiver o dinheiro para isso, é claro. Isto é absolutamente contrário à sabedoria da Cabalá, que aponta o grande dano que esses métodos estão causando por apenas colocar uma pessoa longe do desenho da correção.

[61853]
Da 4 ª parte da Lição Diária de Cabala 27/11/2011

Material Relacionado:
A Religião É Uma Conexão Inversa Com A Espiritualidade

Comente