Previsão 2012

Nas notícias: “‘A crise da dívida [da Itália] pode desestabilizar o mundo inteiro, começando com a França. … Eu percebi que estamos caindo no abismo, o relógio dos governantes não coincide com o do mercado, e nós precisamos de uma grande aceleração’, disse [Carlo de Benedetti, CEO da fabricante italiana Olivetti]. (Fonte: Corriere del la Sera)

“A Agência de Classificação Fitch alertou que pode reduzir a sua perspectiva de classificação ‘estável’ para os bancos dos EUA com grandes mercados de capital por causa do contágio dos problemas no conturbado mercado europeu.

“A Agência de Classificação Fitch alerta que um agravamento da crise da dívida da zona do euro promete sérios riscos para os bancos americanos que têm uma carteira de títulos do governo dos países que preocupam. O tamanho da dívida nacional ultrapassou 15 trilhões de dólares e é quase 100 por cento do PIB, o teto estabelecido da dívida pública nacional.
“‘A menos que a crise da dívida da zona do euro seja resolvida de maneira ordenada e em tempo hábil, as perspectivas gerais para bancos dos EUA vai piorar”, disse a Fitch. “Os riscos de um choque negativo estão subindo”.

“Os analistas não esperam uma solução das questões por outros 12 meses ou mais, e é improvável ajustar rapidamente as suas perspectivas sobre o setor. ‘Isso vai ter um resultado prolongado e incerto’, disse o Sr. Scott [um dos analistas que escreveu o relatório da Fitch]”. (Fonte:. The Globe and Mail)

“Provavelmente ocorra que se o governo dos EUA iniciar novamente os jogos políticos em torno do seu problema da dívida, uma nova onda da crise global poderá cobrir o mundo no Ano Novo”. (Fonte: Utro.ru)

Comente