A Garantia Mútua De Fato

Dr. Michael LaitmanBaal HaSulam, “O Amor pelo Criador e o Amor pelos Seres Criados”: Essa é a razão pela qual ele condicionou a garantia mútua à participação de todo o mundo. Isso mostra que um indivíduo não pode chegar ao objetivo desejado no caminho espiritual a não ser com a ajuda de todas as pessoas do mundo.

Isto é muito importante. Mesmo o maior Cabalista nunca atinge o fim da correção, a menos que o mundo inteiro a alcance nos últimos detalhes. É semelhante a forma como o corpo não pode ser perfeito se a função de pelo menos uma de suas células estiver prejudicada. Afinal, este é um sistema integral.

Isso significa que o mundo inteiro tem que chegar ao final da correção e a única pergunta é: em que ordem nós nos corrigimos. Algumas almas despertaram antes do tempo de Abraão, e outras em ciclos de vida subsequentes. Algumas estão despertando hoje, e algumas ainda não despertaram. Todo mundo tem seu próprio tempo e lugar no trabalho comum de correção.

Assim, cada correção que cada a pessoa realiza afeta o mundo inteiro.

A pessoa incorpora o mundo inteiro e está incluída em cada indivíduo também. Isso significa que cada um é corrigido através dela. Isto nos explica um pouco as leis do sistema integral, que hoje expõe a interconexão universal.

Diz-se: “Mas um pecador destrói muito bem”. Isto significa que o pecado de um reduz o peso na balança, como se essa pessoa levasse embora a bondade que havia colocado na balança. Com isso a pessoa retarda o mundo.

Esta é a garantia mútua, a situação real de fato. Ela estava oculta até agora, e é por isso que nós não éramos obrigados a observar essa lei, mas hoje ela está se revelando e está adiantando as respectivas exigências a nós.

Existe o desejado e o real. O real é o sistema de interconexão universal que está sendo revelado, onde estamos todos incluídos uns nos outros. Oitenta anos atrás, o Baal HaSulam já escrevia que o mundo inteiro é uma família. Naquela época as pessoas ainda não sentiam isso, mas hoje estamos finalmente começando a descobrir certa conexão, mesmo que ela não seja tão estreita como numa família. Mesmo que a nossa interdependência seja indesejável, ela já é óbvia.

A cada dia essa conexão sistemática surgirá de forma mais clara. Nós veremos que cada pessoa influencia todo mundo e está sujeita a influência de todos. Isso vai parecer horrível para nós: como podemos estar sob o poder do mundo inteiro?

Não há simplesmente para onde correr, e isso significa que eu tenho que cuidar da educação e da correção do mundo inteiro o mais rápido possível, corrigir a boa interconexão entre as pessoas. Como esta terrível interconexão realmente existe, todos nós temos que despertar ao menos um pouco de piedade, compaixão e empatia pelos demais em cada um. Afinal, nós estamos todos interconectados por bem ou por mal e nossa influência é passada de um indivíduo para todos e de todos para cada um.

Da 4a parte da Lição Diária de Cabalá 03/11/11, “Ao Amor pelo Criador e o Amor pelos Seres Criados”

Comente