Yom Kippur E A Expiação Em Cada Alma

Dr. Michael LaitmanO objetivo de todo o processo que estamos atravessando é a revelação do Criador. Nós O revelamos através de Suas ações sobre nós. Com este propósito, o Criador cria um sistema, as leis segundo as quais ele existe e funciona, e o homem neste sistema.

Então, Ele coloca o homem e o sistema em movimento. A pessoa deve ouvir a influência do Criador, ao que está acontecendo dentro e fora dela, porque tudo isso são ações do Criador. Como é dito: “Não há outro além Dele”.

Se a pessoa concorda que tudo vem do Alto, do Criador, ela se torna sensível a tudo o que está acontecendo dentro e em torno dela, à forma como Ele a afeta. Assim, ela tenta entender o que o Criador quer revelar a ela.

Através da análise de todos os tipos de ações: boa e ruim, as que estão próximas a ela e as que estão distantes, as que ela percebe como bem ou mal, ela começa a decifrar o plano do Criador que diz respeito a ela. E quando ela descobre o grande abismo entre ela e o Criador, a oposição de seus pensamentos, ela começa a revelar os dois opostos, um em contraste com o outro.

Por um lado, ela sente que quer agir de acordo com sua própria natureza. Mas como ela já descobriu que é melhor seguir a natureza oposta, ela entende que deve agir de forma diferente. De tal forma que ela descobre o mal dentro de si, os pensamentos maliciosos.

Mas ela está feliz com isso! Afinal, quanto mais pecados ela descobrir dentro de si, quanto mais esforços ela fizer para revelá-los, mais perto ela chegará da verdadeira oração, ou seja, do pedido para corrigi-los. O pedido de correção é chamado de “expiação”.

Os pensamentos maliciosos não precisam desaparecer, mas eles devem ser “adoçados”. Ou seja, nós temos que adquirir uma nova intenção sobre todos os nossos desejos egoístas que se transformam em doação.

A descoberta dos pecados e crimes acontece com a ajuda de uma grande Luz, a Luz de Hochma (Sabedoria), que brilha na pessoa e lhe mostra quão má e oposta ao Criador ela é. Assim, conforme o seu esforço, ela pode se aproximar da correção.

Todas as correções, assim como todos os nossos pecados, são obra do Criador. Finalmente, todos os pecados e suas correções, toda a Luz que atraímos para esclarecer o mal e corrigi-lo, a Luz de adesão, serve apenas para dar contentamento ao Criador. Acontece que, ao revelar os pecados e sua expiação, a pessoa chega ao abraço com o Criador  e, depois, à adesão com Ele.

Da 1a parte da  Lição Diária de Cabalá 06/10/11Shamati # 177

Comente