Uma Aliança De Assistência Mútua

Dr. Michael LaitmanA pessoa deve fazer o que pode para se conectar com os outros e chegar a doação. Como resultado dos esforços materiais e egoístas, ela sente quão relutante ela é em se conectar, quão oposta é em relação à união, à garantia mútua, e em ser como um homem com um coração. Ela acha isso inútil e só sente repulsa por isso.

Assim, ela descobre os desejos que precisam de correção, os desejos que o Criador criou no homem como “inclinação ao mal”. Após esta revelação, ela começa a ver a ajuda que recebe de Cima, apesar de sua relutância.

A descoberta da inclinação ao mal vem de Cima, como parte do processo de correção. O Criador faz uma aliança com a pessoa que Ele não vai deixá-la e a ajudará antecipadamente. Mesmo que a pessoa não deseje se conectar e é repelida por isso, ela ainda será inspirada no estado anterior onde ela fez esforços para avançar, e isso a apoiará.

Gradualmente, a pessoa descobre, ainda que levemente, o que é a doação, o que é o poder do amor. Ela começa a entender que seu objetivo é apenas descobrir a necessidade por isso. Então, ela consegue, de forma consciente e inconsciente, entender, sentir e clamar pela força de correção.

A correta solicitação (MAN) é acrescentada ao desejo correto, à exigência em deixar o estado atual e passar para um melhor. Este desejo ainda pode ser egoísta e é chamado de “Lo Lishma“, mas já está em sintonia com o caminho correto.

Assim, gradualmente, passo a passo, a pessoa esclarece seus desejos e intenções. Obviamente, não é ela quem determina os passos de seu desenvolvimento. Na verdade, eles são despertados de acordo com as Reshimot (genes informacionais) nela. A força superior, a Luz, determina todo o processo. A pessoa só precisa almejar constantemente avançar e executar até mesmo as mínimas ações que permitirão o seu avanço de qualquer maneira em direção à meta.

Então, ela alcançará o objetivo desejado: ela receberá a Luz que Corrige, adquirirá o atributo de doação, e será preenchida com a Luz Refletida que fornece a sensação da vida espiritual: a vida em doação.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 26/10/11, Escritos do Rabash

Comente