Como Nós Ajudamos O Mundo

Dr. Michael LaitmanPergunta: O homem se acostumou a explorar o ambiente em seu próprio benefício. Mesmo quando falamos de justiça social, muitos a vêem como uma oportunidade de pegar alguma coisa para si…

Resposta: Portanto, a educação deve vir antes de qualquer outra coisa, como a primeira condição necessária. O homem precisa ser educado de maneira diferente e deve ser ensinado a respeito do sistema em que vivemos.

Por exemplo, nós estamos familiarizados com as realidades do nosso mundo. Eu sei o que é um banco, um trabalho, uma clínica médica; eu sei sobre fundos de pensão, segurança social, estradas, semáforos, polícia e governo. Mas um bebê ainda não sabe de tudo, e por isso nós o ensinamos a viver neste mundo.

Da mesma forma, agora nós temos que ensinar a humanidade a viver no novo mundo, no mundo integral. Os mecanismos egoístas gradualmente deixarão de agir. Logo, nós veremos que o poder da recepção não leva a nada. Nós vemos que até mesmo as pessoas que têm um monte de dinheiro não sabem o que acontecerá com a economia no futuro próximo. Logo elas descobrirão que têm muito poder, mas não podem fazer nada. Tudo desaparece, tudo se perde, tudo se decompõe, cai por terra, e deixa de funcionar. Nenhum sistema funcionará, exceto o sistema de doação, que nós teremos que estabelecer.

Pergunta: Isso pode acontecer em um ano ou dois, mas eu tenho problemas agora…

Resposta: Então comece a agir agora. Você quer ter uma boa vida? Pague por ela com a doação aos outros. Este é o seu trabalho, chamado de “obra do Criador”. Nós estamos prestes a ver um mundo onde não seremos capazes de prover a nós mesmos usando o poder do egoísmo, mas apenas pelo poder da doação. Se você doar aos outros, à sociedade, você será capaz de receber alimentos, roupas e outras necessidades dela. Mas isso não vai acontecer se você não doar. Isto porque o novo mundo é dominado pelo poder altruísta.

Pergunta: Como as pessoas irão mudar para o novo paradigma?

Resposta: Pelos golpes. Foi o Faraó quem levou os filhos de Israel ao Criador. Haman fez os judeus finalmente escapar do exílio babilônico e retornar à Terra de Israel, e o Rei o apoiou. É impossível avançar se o ego não é revelado a nós como a força do mal, como nosso inimigo.

Finalmente, os golpes da natureza e a influência positiva da nossa parte (a disseminação) trarão a mudança. As pessoas não podem mudar instantaneamente e concordar conosco. O desejo delas é oposto à doação. O princípio do “amor ao próximo” parece infantil a elas. Elas ainda não entendem que ele é a base de tudo, é a correção da alma. O mal do seu egoísmo ainda não foi revelado a elas.

Elas serão capazes de senti-lo depois de muitos golpes, até que o Faraó finalmente admita: “Eu sou pecador e o Criador é justo”. Ele não achava isso antes. Então, você vai perceber que tudo é por causa de você, porque você está corrompido, e não a natureza circundante, ou o próximo, ou qualquer outra pessoa. Então, você vai sentir a necessidade da correção, e ela virá. Na sua busca por um método, você vai nos encontrar e nos pedir para ensiná-lo.

Mas nós não queremos que você sofra, e por isso disseminamos o método com antecedência, embora ele incite ódio em você. É assim que nós ajudamos o mundo.

Da 5ª parte da Lição Diária de Cabalá 28/09/11, “A Nação”

Comente