A Fraqueza Dos Poderosos

Dr. Michael LaitmanPergunta: Hoje, você publicou resultados de uma pesquisa que descobriu um núcleo de 147 empresas líderes mundiais que estão fortemente entrelaçadas umas com as outras, apoiam-se mutuamente, e para muitos, resumem a noção de globalização em seu sentido negativo, como aquelas que monopolizam o poder sobre o mundo. Deve alguma coisa mudar nesse sentido, como resultado da nossa união?

Resposta: Eu não acho que os líderes dessas corporações foram espertos o suficiente para incitar tal plano. A natureza estava mexendo os pauzinhos, e as trouxe para a situação atual. O homem não escolhe nada aqui. Ele é simplesmente movido pelo desejo egoísta, que se desenvolve em proporções globais.

Na realidade, a questão não se limita a 147 empresas. Se nós fizermos um cálculo realmente profundo e preciso, provavelmente não encontraremos nada além desta rede. No entanto, o seu aspecto “acima da superfície”, que conecta a todos, pode ser imaginado desta forma.

Por outro lado, existe um problema significativo oculto aqui, que os grandes jogadores estão descobrindo hoje. A imensa extensão e interligação com os outros lhes dá poder, mas ao mesmo tempo, enorme fraqueza. Afinal, eles estão “amarrados” e não podem fazer nada. Nenhum deles é capaz de ceder um milímetro. Os fios entre eles tornaram-se tão amarrados que é impossível escapar.

Acontece que, ao invés de dar poder a qualquer pessoa, a rede global governa por si só, de forma plena e total. O mundo não é mais capaz de quebrar esta conexão. Como resultado, ele não pode alterá-la a fim de melhorar a sua situação. Nenhuma conferência de cúpula melhorará a situação com a ajuda de todos os meios à sua disposição. Afinal, esses meios não são mais eficazes, que é o que estamos vendo ao longo dos últimos anos.

Os líderes mundiais são impotentes. Nesta situação, a rede global os obriga a ser ociosos, porque os métodos regulares – tanto econômicos e militares – não ajudam. Despejar dinheiro em bancos, mudar ditadores – nada ajudará. Agora, o mundo é governado por esta rede, e seu movimento não pode ser interrompido.

A única coisa que pode ser feita é cuidar da educação das pessoas, sobre os movimentos interiores. É necessário mudar a qualidade da “matéria” que está conectada com os fios desta rede. Você não pode mudar a rede por si só, mas você pode melhorar a qualidade de suas partes constituintes e, assim, sua conexão melhorará. Essa é a única maneira de elevar todo o sistema ao nível da interação e prosperidade.

Isso já será algo novo, completamente diferente do que as pessoas no poder tinham em mente. No entanto, isso nos dará a vida. Caso contrário, a rede começará a matar aqueles que estão nela. O mundo tem que entender que há apenas uma oportunidade, apenas uma abordagem para os problemas modernos: cuidar da visão de mundo das pessoas, aumentar a sua consciência, seu nível moral. Assim, a sua conexão, que envolve a sua rede, eleva-se de negativa, egoísta e protecionista, para a união, coesão e garantia mútua.

Todos os outros planos não ajudarão. Além disso, a nova educação deve ser conduzida por pessoas com o ponto no coração, que atraem a Luz que corrige. Caso contrário nada funcionará. Nas atuais condições, apenas uma direção clara e estreita por ações funcionará.

Da 5ª parte da Lição Diária de Cabalá 24/10/11, “Paz no Mundo”

Comente