A Época Da Irracionalidade

Dr. Michael LaitmanPergunta: Anteriormente, considerava-se que a economia era impulsionada pelo “egoísmo racional”. Mais tarde, este modelo provou-se errado. Descobriu-se que o homem é irracional e representa uma dimensão desconhecida na ciência econômica.

Resposta: Ou seja, este “elemento humano” específico, que não pode ser medido, impede a economia de ser uma ciência exata. Nós não podemos pesar, classificar e ordená-lo de acordo com um critério específico.

No futuro, este elemento nos trará uma infinidade de problemas. Ele invalidará até mesmo cálculos mecânicos simples, uma vez que nós também percebemos a mecânica em nossa mente e desejos. Ela não existe por si só. De repente, um mais um não será igual a dois. Você poderia pensar, como pode ser isso? Afinal de contas, é apenas uma máquina que opera de acordo com leis precisas. Ainda assim, os cálculos não corresponderão à realidade.

Por que isso? Porque eu mudei internamente, e agora eu descubro que já não posso continuar fazendo cálculos de acordo com a mecânica newtoniana usual ou a teoria de Einstein. Como um exemplo da vida, recentemente os cientistas descobriram que as micropartículas se movem mais rápido que a velocidade da luz. Da mesma maneira, não só a economia será vítima do elemento humano, mas também as disciplinas que, à primeira vista, não têm nada a ver com o nosso mundo interior.

De repente,os axiomas perderão a sua imutabilidade. Isso porque nós revelamos o mundo dentro das qualidades da nossa própria natureza, e quando ela muda, o mundo muda com ela.

Nós faremos um cálculo rotineiro mais uma vez e, de repente, ele não corresponderá aos fatos. Um motor de carro não estará à altura de seus cavalos de força. De repente, a verdaeira matéria perderá suas qualidades inatas.

Da Lição Diária de Cabalá 02/10/11, Shamati # 219

Comente