A Economia Do Equilibrio

Dr. Michael LaitmanPergunta: Que mudanças devemos implementar neste momento?

Resposta: A tarefa mais importante é mudar a visão do homem sobre o mundo, a sua abordagem dele. Para dizer a verdade, não precisamos fazer mais nada. É impossível tomar todas as medidas práticas sem isso.

Na verdade, as pessoas ainda não descobriram o que está acontecendo. Elas primeiro devem concordar com a idéia de que temos que mudar internamente na direção da unidade. Basta apenas concordar com isso sem a necessidade de sentir o desespero causado pela extinção total das fontes de realização. As pessoas vão chegar a um novo entendimento, serão imbuídas de um sentimento novo, e começarão a implementar idéias excelentes, mesmo antes de pensar nelas. Como resultado da forte conexão global, as pessoas vão adquirir sabedoria.

Pergunta: O que significa “concordar em unir”?

Resposta: As pessoas concordarão internamente que um futuro novo e melhor do mundo encontra-se na conexão entre todos. Isso já é uma visão diferente do mundo. Eu não coloco mais objeções, concordo em aprender isso, eu me torno parte deste plano e aceito essa mensagem. Eu já entendo que a crise é causada pelo enorme egoísmo que nos separou totalmente e nos afastou, enquanto que um sistema único e integral está sendo revelado a nós.

Isto é o que constitui o acordo: em vez de seguir o preço do dólar dos EUA e taxas de juros, as pessoas vão começar a mudar sua maneira de pensar. “Nós estaremos em melhor situação se nos unirmos mais, porque esta é a condição para o sucesso hoje, que a natureza tem colocado para nós”. O dono de uma fábrica ou um médico na sua  clínica, não importa onde a pessoa esteja e o que ela faça, vai saber que só poderá ter sucesso por meio da unidade, da ligação. A pessoa vai entender que não vai ajudar se ela rouba de alguém, se tem os lucros à custa de alguém, se engana alguém e assim por diante. Sua atitude perante toda a vida vai mudar.

O actual sistema financeiro é baseado no princípio do sucesso à custa dos outros. No começo estava tudo bem: as pessoas poupavam dinheiro e investiam na indústria. Mas então os jogos especulativos começaram e os preços dispararam. A luta começa com uma taça que custa cinco dólares: uma pessoa está pronta para pagar 20 dólares e outra 30, e nós construimos toda a indústria sobre estes preços, como se fosse baseada em dinheiro real. Como resultado, o dólar, que era inicialmente feito de ouro, agora é feito de papel. Nós perdemos o controle sobre a economia. Não é mais uma economia, mas uma grande mentira, e é por isso que está a ser destruída hoje.

Nós temos que mudar para um sistema totalmente diferente e, principalmente, determinar para que estamos fazendo isso. O sistema financeiro mundial tem que nos ajudar a equilibrar o sistema geral. Nos não atuaremos com recursos inflacionados, mas com recursos financeiros reais, que correspondam à capacidade real da economia mundial. Através disto, vamos levar o mundo ao equilibrio. Nós todos vamos discutir a melhor forma de investir os meios disponíveis a fim de alcançar o equilíbrio máximo.

Esta é a nova abordagem econômica: lucrar não com o dinheiro numa conta bancária, mas sim com o fortalecimento da conexão e do equilíbrio de todos os sistemas.

Da 5ª parte da Lição Diária de Cabalá 11/10/11, “Paz no Mundo”

Comente