Relatório Sobre a Crise do Petróleo que se Aproxima Na Alemanha

Das notícias (De Spiegel Online International): “Recaída na economia planejada: Uma vez que praticamente todos os setores económicos dependem fortemente do petróleo, um pico poderia levar a uma “falha parcial ou completa dos mercados ‘, diz o estudo doBundeswehr. ‘A alternativa concebível seria o racionamento do governo e a alocação de bens importantes ou o estabelecimento de cronogramas de produção e outras medidas de curto prazo coercitivo para substituir mecanismos baseados no mercado em tempos de crise “.

…”A Alemanha não escaparia das crises de outros países , porque é muito integrada na economia global….

“O estudo Bundeswehr levanta temores para a sobrevivência da própria democracia. Por parte da população podemos perceber a revolta desencadeada por causa do pico do petróleo “como uma crise sistémica geral.”

Isso criaria “espaço para alternativas ideológicas e extremistas para as formas existentes de governo.”

Fragmentação da população afetada é provável e pode “em casos extremos, levar a um conflito aberto…”

“Os Estados dependentes das importações de petróleo” serão obrigados a “mostrar mais pragmatismo para estados produtores de petróleo na sua política externa.”

Prioridades políticas terão que ser subordinadas à preocupação de garantir o fornecimento de energia. Por exemplo, a Alemanha teria de ser mais flexível em relação aos objetivos da política externa da Rússia. Além disso, teria que mostrar mais contenção na sua política externa em direção a Israel, para evitar a alienação das nações árabes produtoras de petróleo”.

Meu comentário: É uma política míope. Não existem fontes de energia no mundo. Será suficiente apenas para a economia do consumo (necessário) e razoável. Isso não acontece porque não há energia, mas porque o plano da natureza é elevar a humanidade para o próximo nível (próxima dimensão) de desenvolvimento para conectar todas as pessoas em um sistema integral e, assim, criar uma possibilidade de experimentar o Criador e o mundo não dentro de nós mesmos, no egoísmo deste mundo, mas fora de nós mesmos, o mundo superior. Por este e outros métodos, a Natureza (o Criador) obriga-nos a corrigir a nós mesmos.

[51080]

Comente