Familiarizar-se Com o Mundo

Dr. Michael LaitmanPergunta: Se o Criador não existe fora, mas é revelado dentro de nós, o que é a Luz Circundante? Ela não vem de fora?

Resposta: Existe Malchut do mundo do Infinito. Além dela, não há mais nada.

Antes, ela estava cheia da Luz do Infinito. Em seguida, uma restrição foi colocada sobre ela, e ela assumiu uma forma diferente, uma vez que a Luz do Infinito a deixou. Em seguida, a mesmo Malchut se manifestou na forma de mundos e almas, ou seja, suas partes. Algumas delas pertencem aos círculos externos, e outras aos internos.

Da mesma forma, em nosso mundo os níveis inanimado, vegetal e animal da natureza representam a parte externa, e o nível humano ou falante representa a interna. Isto também determina o desenvolvimento espiritual: o homem se encarrega da intenção, enquanto as outras partes da natureza apenas realizam ações. Em última análise, Malchut do Infinito chega ao seu estado final: o fim da correção.

Assim, existem muitos estados, mas não importa o que eles possam ser, todos eles são permeados com um desejo e uma Luz. O que muda, então? A consciência, a intenção sobre o desejo. Em outras palavras, as mudanças ocorrem apenas no que diz respeito à atitude da criatura para com o Criador ou o desejo para com a Luz. Nada muda, exceto a minha atitude, compreensão, percepção – minha familiaridade com o mundo onde vivo.

Da 4ª parte da Lição Diária de Cabalá 26/08/11, “Um Mandamento”

Comente