Cabalá: Construir, Não Destruir

Dr. Michael LaitmanPergunta: Vários métodos e grupos dizem coisas semelhantes ao que a Cabalá diz. Como nos proteger da influência desses pensamentos? Existe algum perigo nisso, e como devemos nos posicionar em relação a eles?

Resposta: Devido à natureza do meu trabalho, eu tive a chance de estudar métodos e até mesmo fazer exames nesses assuntos enquanto trabalhava na minha tese de PhD. Existe um enorme abismo entre a Cabalá e todos os outros métodos. Todos os outros métodos estão comprometidos somente com algum tipo de moral, aprimoramento mundano do homem, principalmente dirigidos a fazê-lo se sentir calmo e relaxado.

A Cabalá não. A Cabalá é dirigida à mudança da natureza do próprio homem. Como o mundo existe somente dentro de nossa percepção subjetiva, isso é o que precisa ser corrigido. Isso significa que a pessoa deve manter todo o seu egoísmo, ao invés de destruí-lo, e acima dele, construir uma nova natureza, o assim chamado mundo superior, que ela será capaz de sentir nessa segunda natureza.  É um método totalmente diferente.

Porém, se você está estudando outros métodos, ninguém vai dizer a você para não fazer isso. Estude Cabalá e você começará gradualmente a ver a diferença entre ela e outros ensinamentos.

Nenhum dos métodos existentes é baseado na verdadeira natureza do mundo, nas três linhas, nas três forças que controlam esse mundo, em elevar o altruísmo acima do egoísmo sem destruir o egoísmo, mas usando-o corretamente em si mesmo, etc… Isso também pode ser visto nas antigas raízes da Cabalá e no poder de suas fontes: o número de livros e a profundidade de todas as explicações. O que você vê a sua frente é realmente um enorme meio para a correção de toda a humanidade.

Existem pessoas que realmente aspiram à correção, querem alcançar a meta não importa a que preço, e estão prontas para isso. Também existem pessoas que gostariam de alcançar essa meta, mas não através de qualquer meio. Isto é, elas consideram o que elas têm que pagar e quanto elas precisam trabalhar para isso. É por isso que, basicamente, muitas pessoas fariam isso, mas não existem muitas que realmente desejam isso. Porém, a cada dia existem mais e mais.

Nós esperamos alcançar o final da correção de forma rápida  fácil, e no nosso século, no nosso tempo, na nossa geração. Mesmo eu, um homem de idade, ainda tenho esperança de ver como toda a humanidade dará, de forma direta e rápida, um passo espiritual depois do outro para alcançar o final da correção.

Da Série Lição Virtual aos Domingos 31/07/11

Comente