Fale Quando Você Tem Algo a Dizer

Pergunta: Como podemos abordar o mundo com a mensagem de garantia mútua? O que podemos usar para interessar e despertar uma pessoa?

Resposta: Nós não podemos chamar uma pessoa para a garantia mútua, porque temos que mostrar a ela recompensas, demonstrar o que pode se conseguir com isso. Comerciais prometem abundância de prazer. “Compre! Você simplesmente não pode imaginar que felicidade está passando por você”. Podemos usar o mesmo estilo para fazer propaganda da garantia mútua? Se não pudermos, é melhor ficarmos quietos sobre o assunto.

Assim, temos que preparar a explicação correta após a qual uma pessoa não seria capaz de ficar em casa, mas vai correr para o endereço especificado. Se temos algo a dizer, vale a pena iniciar uma conversa, mas não somos capazes de fazer isso. É por isso que estamos estudando.

Hoje, não temos nada para atrair o mundo para a garantia mútua. O mundo inicialmente não sente a necessidade para isso. A garantia mútua não é comida, sexo, família, dinheiro, poder ou conhecimento. Como podemos vesti-la em trajes reconhecíveis e prometer algo familiar, compreensível? As pessoas têm que ser tratadas de acordo com seus desejos. Temos que nos preparar a sério, mas esperar por sua iniciativa.

 

Um pouco mais de crises, mais alguns problemas, e consequentemente, neste contexto de necessidades emergentes, que seremos capazes de falar com as pessoas. Por outro lado, é impossível chegar a uma pessoa antes que a nossa proposta atenda seus desejos.

 

Publicidade apela a esses desejos que são inerentes em nós originalmente. Ela habilmente os acomoda, assume a forma correspondente a este prazer. Em que posso vestir o prazer da garantia mútua e da unidade?

 

O “vestido” deve ser tal que as pessoas possam ver os benefícios. “Eu terei mais comida, mais sexo, a felicidade, mais família, mais apoio e honra. Eu vou obter força, educação, dinheiro, e assim por diante. “Se não houver tais coisas, resta apenas uma idéia abstrata como “Gente, vamos ser amigos”. Temos que procurar os caminhos para as pessoas se aproximarem, para se comunicarem com todas, de modo a mostrar-lhes: que vale a pena.

 

Qual é o benefício da garantia mútua e unidade? Hoje, podemos dizer que nos vai permitir estabelecer o equilíbrio com a natureza, lidar com os problemas ecológicos, tais como a invasão das água-vivas, a atividade solar, ou como o desemprego.

 

No entanto, nossa mensagem deve ser apresentada de forma clara, concisa e simples, sem paralelos entre a filosofia de garantia mútua e o preço da ricota. Nos olhos das pessoas, elas têm que estar claramente ligadas umas as outras: “Se você juntar a garantia mútua, você terá dez pacotes de ricota por dia. Se você não fizer isso, você não será capaz de comprar nenhum. “Nossas explicações têm que ser claras e evidentes a esse nível.

[47916]

Da 5 ª parte da Lição Diária de Cabalá de 12/07/2011 “Matan Torah “(A Entrega da Torá)

Material relacionado:
Dar Não Significa Impor
Quando Os Problemas Não São Resolvidos Um De Cada Vez
A Arte De Alcançar As Massas

Comente