A Garantia Mútua Numa Bandeja De Prata

Dr. Michael LaitmanPergunta: Será que nós podemos apresentar a garantia mútua para as pessoas como uma garantia de segurança?

Resposta: Provavelmente, sim. Se você encontrar uma conexão direta e compreensível que iguale a garantia mútua à segurança, você terá a oportunidade de se dirigir à nação com um apelo pela união, como um só homem com um só coração, no amor mútuo, acima de todas as diferenças entre nós.

Vá em frente, aja, mas sob uma condição indispensável: suas palavras devem convencer as pessoas de que é possível colocar um sinal de equação entre a garantia mútua e a segurança. Basicamente, a nossa promessa deve satisfazer certo desejo deles:

  • Garantia mútua = segurança;
  • Garantia mútua = mercadorias baratas;
  • Garantia mútua = liberdade;
  • Garantia mútua = um bom clima.

Não é importante o que isso seja em particular, mas a idéia deles serem idênticos deve estar lá. Esta é a base da propaganda, da agitação e da abordagem das pessoas.

Em seguida, devemos estudar as necessidades dos diferentes círculos que gostaríamos de abordar e nos preparar adequadamente. Nós não vamos vender a eles mais um produto. Pelo contrário, vamos dar um presente para eles numa bandeja de prata, uma verdadeira “obra de arte”. Será como uma fórmula espiritual para bebês, e eles só terão que abrir a boca. Isto é o que eles precisam sentir: não há necessidade de esforço, apenas receber o presente.

Você começa com algo pequeno: “Vamos assistir um filme, visitar um site da Internet, ou ler um livro”. Não é nem mesmo uma ação; é apenas uma participação passiva. Outra coisa é pressionar um botão: este é um problema, um trabalho difícil para a pessoa. Por si mesma, ela continuaria pressionando-o o dia inteiro, mas quando você oferece isso a ela, fazendo isso mesmo uma vez, isso se torna um sério desafio.

Nós devemos levar em conta a natureza do homem e a utilização de métodos de apresentação que possam atraí-lo: filmes, apresentações e músicas, tudo aquilo que possa se tornar uma embalagem agradável para a nossa mensagem, para que ela seja gradualmente absorvida. Mas de um modo ou de outro, a mensagem deve estar perto do homem e de seus desejos.

A disseminação é uma questão delicada, e nós devemos nos tornar especialistas nela.

Da 5ª parte da Lição Diária de Cabalá 12/07/11, “Matan Torá (A Entrega da Torá)”

Comente