“Quem” criou “Isso”

Pergunta: Como uma pessoa pode revelar o seu papel nesta vida?

Resposta: Isto vem após a pergunta sobre o propósito da vida: “eu vivo para quê?” Essa questão se torna mais aguda a cada vez, levantando-se acima de outras questões do coração.

Há muitas perguntas (desejos) em meu coração, e eu tenho que lidar com elas, organizá-las em ordem, e levar a mais importante para que não seja obscurecida. Eu tenho que ir com essa questão em particular, e o resto só me apoia em alcançar a resposta a esta indagação mais importante.

Cada pessoa escolhe o seu objetivo para esta questão central, seja dinheiro, honra, poder, ou conhecimento. Alguém gostaria de se tornar um cientista, outro, membro do governo, e um terceiro apenas sonha em se tornar bem sucedido e curtir a vida. E há também pessoas que se perguntam sobre o sentido da vida.

No entanto, para saber o seu significado, é necessário contato com a raiz de onde a vida vem. Acontece que esta busca é além da vida terrena regular. Não é dentro da sociedade, mas acima dela, de onde a vida desce. É impossível encontrar uma resposta a esta questão no seio da sociedade humana.

Há muito tempo atrás, eu ingênuamente pensava que era possível aproximar a solução para esta questão através da ciência, para entender como a vida começou, criar artificialmente a vida vegetativa, animal ou humana a partir do nível ainda da natureza, para resolver o mistério da vida: De onde ela vem, e por que ela existe? No final, percebi que a nossa ciência não responde a essas perguntas, e meu interesse nela desaparecia de uma só vez como se fosse uma coisa frívola.

A pessoa deve tentar esclarecer a sua pergunta mais importante, a sua maior exigência, e seguir com ela. Então, ele vai gradativamente descobrir como ela é puxado em direção cada vez mais a perguntas exaltadas. Como resultado, ela virá para a pergunta: “Quem é o Criador, que me criou? De onde é que eu vim? Quem sou eu? Qual é o meu propósito?

“Esta é a pergunta no nível de Bina, doação, exigida dentro de Malchut. Isso é explicado no Zohar, artigo “Quem criou estes”. MI (quem) é Bina, e ELEH (estes) é Malchut. Uma pessoa tem que chegar a esta pergunta: “Quem criou estes”, que significa “Quem me criou?” Quando ela atinge “Quem”(MI),ela vai conhecer a si mesma. Este é ELEH porque ELEH se torna claro apenas na unidade com o MI.

Então, ela atinge o nome Elokim (Deus, o nome do Criador, de Eleh e MI),que fica vestido Nela, como está escrito: “Que o nome do Criador esteja sobre você”. Assim, ela alcança tudo.

[44432]

Da 1a. parte da Lição Diária de Cabala de 31/05/2011, Escritos do Rabash
Material relacionado:
Desembrulhe O Ponto No Coração
A Saída Do Labirinto Do Sofrimento

Comente