125 Graus Para Chegar Perto Luz

A nossa percepção da realidade como um todo é muito instável, já que não sabemos como nos relacionarmos com nós mesmos ou o mundo em que vivemos. Onde é que nós existimos e onde nos sentimos agora? É um sonho ou verdade? É este mundo uma realidade objetiva ou meramente temporária a nossa percepção distorcida de órgãos de percepção? Possivelmente, quando corrigirmos as nossas qualidades da recepção para a doação, vamos perceber um mundo completamente diferente.

E isto não significa simplesmente compreendê-lo ou sentir-se melhor com os mesmos sentidos que são mais desenvolvidos. Em vez disso, eu posso mudar completamente minhas sensações e percepções que estão sintonizadas com recepção e parar de aceitar a realidade egoisticamente, posso começar a percebê-la em doação, uma aspiração para o meu vizinho.

Acontece que ao invés do meu próprio desejo, eu adquiro os desejos dos outros, e eu começo a sentir verdadeiramente por eles. E então eu vou sentir um mundo completamente diferente, uma outra realidade!

Quem descreve essa realidade para nós? Os cabalistas dizem que é a força superior, uma, única e unificada, além dela não há mais nada, que é boa e faz bem a todos, os ímpios e os justos igualmente. É a Luz superior que existe em repouso absoluto, e que se pode revelá-la apenas por se tornar igual a ela em nossas qualidades.

Existem 125 graus, que correspondem à Luz, e eu vou sentir a Luz superior em mim, na medida em que eu receber a qualidade de doação, dependendo da extensão que eu possa me corrigir e fazer-me semelhante à Luz superior que lhe confere a bondade e tudo o que é bom. Se eu adquirir as mesmas qualidades, eu simplesmente venho a existir nesta qualidade de doação, assim, senti-la.

Em outras palavras, há uma força de doação a chamada “Luz alta”, e uma força de recepção chamada “a criatura.” Se a criatura adquire a força de doação sobre a força de recepção, essa força que começa a governar, é percebida como: a tela e a Luz Refletida do grau de doação que a criatura dá uma sensação de realização.

Como nos relacionamos com essa força superior? Será que algum dia serei capaz de sentir isso, ou vamos apenas imaginá-la de alguma forma de acordo com as qualidades em que percebemos e as sensações, pensamentos e desejos que são despertados em nós? Os cabalistas dizem que a força superior em si é Atzmuto,a essência do Criador, que não é sentida ou alcançado por nós. Ele não tem forma que possamos perceber. No entanto, na medida em que tentamos aproximar-mos Dele e se tornar como Ele, seremos capaz de compreender várias qualidades que pertencem a doação.

Ele é como um “doador” para você, mas Ele próprio não tem nem a qualidade de doação nem recepção; Ele está acima de tudo isso. Somente sua atitude para com os seres criados é chamada de “doação”, “amor”, “dar”.

No entanto, está escrito que Ele é “bom que faz o bem”, “não há outro além Dele”, “Eu não mudo o meu nome (HaVaYaH), “a lei é dada e não pode ser violada, o que significa que Ele é invariável, bom e perfeito, então como podemos pedir-lhe alguma coisa? Como podemos pedir-lhe para mudar e ter piedade de nós? Isto diz respeito somente a criatura a atitude que percebe o Criador desta forma e nos diz sobre isso, como está escrito: “A Torá falou na língua do povo.”

Portanto, todas as nossas orações e nossa atitude para com o Criador é essencialmente a nossa atitude para com nós mesmos, a maneira que eu julgo a mim mesmo e desejo mudança na direção da doação. No entanto, todas as mudanças só ocorrem nos seres criados, que devido às suas próprias mudanças, sentem que a imagem do Criador alterou.

[41643]

Da primeira parte da Lição DIária de Cabala,27/04/2011,, Shamati #1

Material relacionado:
No Reflexo Da Luz Superior
Um Ponto Negro Num Oceano De Bondade
Um Mecanismo Para Atrair O Criador

Comente