Somente Livre Você Vai Perceber Que Foi Um Escravo

Pergunta: De onde é que o nosso desejo de doar vêm?

Resposta: Desejo de doar desperta em nós sob a influência da Luz Superior, a “Luz que Reforma”. Nós não sabemos o que o desejo de doar é; doação está fora de nós.

Nós existimos na nossa natureza de receber. De repente, alguma força externa chega e nos afeta, e não sabemos o que é. Reconhecemos apenas pela forma como ela se manifesta e age. Ao observar as ações dessa força em mim, eu começo a reconhecer o Criador.

Ela é os efeitos que Ele provoca em mim. Mas eu não sei o que Ela realmente é. Eu realmente não sei o que, em essência, os fenômenos do mundo são: o que é eletricidade, que é o pão, o que eu também sou! Eu não posso atingir a essência das coisas uma vez que só derivados da manifestação desta essência são reveladas para mim.

Portanto, a sabedoria da Cabala (como qualquer outra ciência) estuda apenas o que pode ser conhecido: matéria e forma revestidas em matéria. E quando essa única força exterior estranha vem, não sabemos de onde vem e Quem é. Ela é ainda evocada por mim de forma estranha e única consideradas como um “milagre”(Segula).

Afinal, eu não tenho nenhuma chance de saber exatamente como me afeta, como é posta em movimento e começa a trabalhar em mim, em resposta. Julgo exclusivamente pela forma como ela aparece em mim, como eu sinto na minha matéria, no desejo. Dentro de mim, eu sofro alterações conforme os resultados deste ato externo. Este efeito, uma nova forma em mim, é o chamado desejo de doar.

É uma propriedade estranha e muito especial que é totalmente incerta e desconhecida para mim. Quando de repente surge, eu percebo que eu nunca senti isso antes. Mas se você conversar com pessoas comuns, todo mundo vai dizer que elas estão perfeitamente conscientes do que a vontade de doar é e o que ela dá aos outros. Elas não percebem que todas as suas doações são apenas outras formas de recebimento.

Pode-se compreender a diferença entre a recepção e doação só se tiver recebido esses dois desejos. Um nos vem de fora, enquanto o outro está escondido na nossa natureza. Neste caso específico, uma pessoa é capaz de discernir uma do outra e começar a entender quem ela realmente é.

Atualmente, nós nem mesmo entendemos que neste mundo há regras de uma só lei, o direito de recepção egoísta. Nós vamos compreendê-la somente quando adquirimos o desejo de doar. Somente tendo saído do Egito se pode perceber o que a escravidão no Egito era realmente, em relação à vida em liberdade! Tudo é conhecido e avaliado apenas a partir do seu oposto.
[33345]
Da 4a.  parte da Lição Diária de Cabala 21/01/11, “A Liberdade”

Material Relacionado:
O Pensamento Superior é Doação
Quando a Força da Luz De Repente se Desdobra
Olá Desejo!

Comente