O Condutor De Burros

Dr. Michael LaitmanEm todos os níveis espirituais, até a correção final (Gmar Tikun), uma força especial  do nível superior revela-se a nós. Esta força acompanha a pessoa, ajudando-a a ascender de um nível espiritual para o próximo.

Na verdade, enquanto a pessoa estiver em um determinado nível, ela não pode ascender a um mais elevado por conta própria, já que ela tem apenas o poder do nível em que se encontra. Se ela tivesse a força do nível mais elevado, ela já estaria lá.

Apesar disso, entre os níveis, há sempre alguma ligação intermediária, um mediador no caminho. Entre o animal e o homem, o intermediário é o macaco, enquanto que entre a planta e o animal, é o “cachorro do mato”, e assim por diante.

Na espiritualidade, o intermediário é o “condutor de burros”. Também existem outros “anjos”, ou seja, forças que nos ajudam de várias maneiras na ascensão de um estado para outro. Mesmo agora, quando queremos agir, a força superior vem até nós e nos ajuda. Não importa se a chamamos de Luz Circundante ou anjo, esta força especial nos faz avançar, ajudando-nos a subir de nível em nível.

O inferior supre apenas um desejo, uma necessidade vital. Ele tem que se esforçar para subir junto com seu “burro”, e ser sempre capaz de fazê-lo enquanto está plenamente consciente de sua incapacidade de realizar isso sozinho.

É por isso que dois sábios que embarcam em uma jornada levam tempo para conseguir um guia com antecedência, o “condutor de burros”. Eles têm os burros que estão carregados de bagagem; eles sabem para onde estão indo, e apenas um guia é necessário para conduzi-los.

Normalmente, essa ajuda do Alto vem do Rav Hamunna Saba (ver “Introdução ao Livro do Zohar“, Artigo “As Cartas do Rav Hamunna Saba”). Este é um nível espiritual muito elevado, de onde a Luz Superior se expande a fim de nos ajudar. Ele é considerado como o “condutor de burros”.

Da 2ª parte da Lição Diária de Cabalá 9/1/11, “Introdução Ao Livro do Zohar“,  Artigo “Yitro (Jetro)”

Comente