Alfabetização Ambiental

Quando ouvimos notícias ambientais na televisão e no rádio, nós precisamos entender que as pessoas confundem a causa e o efeito, não vêem o fim. Seu objetivo é equilibrar tudo a fim de retornar a um estado confortável. Mas a perspectiva da Cabala sobre isto é completamente diferente.

Quando falamos sobre o retorno do mundo a um estado bom, nós não perseguimos o mesmo objectivo como o resto do mundo. Nós entendemos que a força externa da Natureza criadou especificamente a situação atual de acordo com um programa específico. Cabalistas anunciam isto e nos deram prazos muito precisos, mesmo prevendo o ano real de ocorrências. Zohar menciona acontecimentos 1.800 anos antes que eles realmente acontecessem.

O problema não é a contaminação do meio ambiente. Como poderia cabalistas terem conhecimento específico, a este respeito? O objetivo do programa da Natureza não é para nos contaminar ou limpar de alguma coisa. E é por isso que não vai ajudar a investir dinheiro em medidas de combate à poluição. É o mesmo que fazer novas leis contra o roubo e uso de drogas. Sabemos que isso não ajuda. Ao encarcerar pessoas as separamos da sociedade, mas você não pode ensiná-las assim.

E é por isso que não considero ocorrências naturais como advertências morais, mas apenas como o motivo para a mudança dentro da relação com os outros. Nós nunca seremos capazes de fazer nada de bom para nós ou natureza, o combate à poluição. Desde o início, tudo é feito desta forma, a fim de levantar-nos para o outro mundo, em vez de nos tornar bom egoístas neste mundo.

Aqui está uma grande diferença entre a nossa atitude para com as ocorrências e a atitude do resto do mundo. Mesmo quando o mundo percebe a catástrofe iminente, eles só querem voltar e “apagar a sujeira” da natureza. Mas nós percebemos tudo isso como uma razão, uma mensagem para nos corrigir, elevar-nos acima, e criar equilíbrio entre nós, no nível humano, em vez de criar o equilíbrio com o meio ambiente.

E é por isso que em pouco de tempo será necessário compreender o que a Cabala fala. Não seremos capazes de explicá-la aos povos de uma maneira rápida e fácil.

[34006]

De Lição 2, da Convenção de Berlin de 28/01/2011

Comente