Uma Tempestade Em Torno Do Criador

Dr. Michael LaitmanSe o Partzuf Superior quer dar algo ao inferior, ele se reduz (abaixa), como uma mãe que cuida de uma criança. Ela faz comida “de adulto” para si, mas para o bebê ela faz uma comida especial, aquecida a uma temperatura específica.

Estas ações adicionais, que são feitas através de um mecanismo especial da conexão do Superior com o  inferior, são chamadas de “Searot “(cabelos). Ela vem da palavra Soer (tempestade) ou Saara (tempestade).

O Superior quis dar ao inferior tudo o que tinha! Mas Ele teve de restringir-Se e dar ao inferior só um pouco, de acordo com o nível deste, tanto quanto ele fosse capaz de receber. O Superior deve garantir que o preenchimento beneficiará o inferior.

Esta restrição, ou a força com que o Superior se comprime, é chamada de “Searot” (cabelos), que tem um som semelhante ao modo como tudo se enfurece (Soer) dentro dele por causa disso.

Agora, é só imaginar como o Criador sofre e se enfurece! Seu desejo de doar é enorme. Ele deseja nos dar toda a correção infinita (Gmar Tikun)!

Mas Ele nos olha e percebe que não há ninguém para dar. Ninguém quer receber nada. Como é grande o sofrimento de olhar para bebês que estão quase morrendo de fome, ser capaz de ajudá-los – a capacidade de curar todas as nossas feridas e preenchê-las com bondade, embora nós não desejemos isso! Nós somos incapazes de aceitar qualquer coisa Dele.

Os ecos desta tempestade, que o Superior usa para restringir-Se, as forças impuras (Klipot), começam a influenciar-nos, tentando nos despertar e nos obrigar a agir. Parece-nos que somos influenciados pelas forças do mal, mas elas só despertam conforme não conseguimos avançar, quando ficamos para trás no nosso desenvolvimento e não deixamos que a Luz nos preencha.

Da 2ª parte da Lição Diária de Cabalá 06/12/10 , Talmud Eser Sefirot

Comente