Todas As Medições São Feitas No Grupo

Dr. Michael LaitmanPergunta: Será que existe uma fase no trabalho espiritual onde a pessoa pode dizer com certeza se ela é ou não similar à Luz, através de suas qualidades?

Resposta: Em diversas fases nós sentimos que estamos mais perto ou mais longe, mas o exemplo mais correto é a atitude da pessoa para com o grupo: o quanto ela sente que a essência interna do grupo é o lugar no qual ela quer sintonizar-se, onde quer “dissolver-se”como um embrião no útero da mãe, como uma criança nas mãos de sua mãe, com o intuito de desaparecer e perder-se?

Se a pessoa ainda tem algo que não desapareceu, que não perdeu, isso significa que seu egoísmo ainda está vivo. Mas assim que a pessoa se dissolve no grupo, a partir desse momento ela começa a crescer espiritualmente. Dentro de sua sensação, desejo, intenções e esforços, a pessoa pode medir onde ela está: em qual Reshimo, em que Sefira, em que estado, e quantas Luzes entram nos seus Kelim.

Ela mede tudo exclusivamente pela sua relação com o ambiente correto. Afinal, a pessoa não pode medir nada em relação à Luz. A Luz é um fenômeno dentro do vaso, mas não um conceito em si. Segundo a definição do Baal HaSulam, tudo que entra nos vasos chama-se “Luz”.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 27/12/10, Escritos do Rabash

Comente