Quando Finalmente Teremos Sorte Em Tudo

Dr. Michael LaitmanO mundo de hoje é projetado de forma que nenhum país pode encerrar-se e fechar suas fronteiras. Se eu me trancar, certamente haverá algo de errado dentro do país.

Nós não vamos entender o porquê. Vamos pensar que criamos uma sociedade que se abastece com todas as necessidades, como uma grande fazenda coletiva que fornece carne, produtos lácteos, peixes e legumes. Pensamos que podemos ter uma economia natural, independentemente de todos os outros, mas nenhum país será capaz de fazer isso.

Não é porque o país seja incapaz de dotar a si mesmo de produtos como água, eletricidade e outros recursos naturais. É porque é assim que funciona na natureza. Todas as nossas engrenagens estão encaixadas umas com as outras, e nenhuma pode se desprender das outras.

Você não vai entender por que você continua tendo problemas. Uma vez, as vacas vão parar de produzir leite, outra, o feno não vai crescer, ou a colheita vai ser perdida. Você não vai saber de onde vêm tais infortúnios subitamente, mas não vai funcionar, porque, internamente, as engrenagens estão ligadas com tanta força que você deve estar conectado com o mundo inteiro. Hoje, nós vamos ter que explicar isto a todos!

No entanto, o G8 ou o G20 não vão ser capazes de ajuda a nossa união. Mesmo se todo mundo concordar com isso e decidir pegar nas mãos uns dos outros, eles vão causar uma destruição ainda maior. Eles vão segurar a mão do outro por um instante e começar uma guerra no próximo. Se não for pelo Criador, por uma finalidade espiritual, a união deles vai levar a uma guerra mundial. Será pior do que quando a Rússia tentou unir as pessoas desta maneira.

Portanto, além das explicações de que estamos todos conectados pela natureza (mas não por nosso próprio desejo, que se opõe a isto), temos também de revelar como podemos mudar o nosso desejo de união, a fim de que nós, por nossa própria vontade, desejemos girar em conjunto com todas as engrenagens na direção certa. Para isso, precisamos da Luz que nos Corrige e unifica. No entanto, isso só é possível estudando a sabedoria da Cabalá.

Primeiro, nós podemos preparar a pessoa, familiarizando-a com todas as condições que cercam o momento final, quando ela só precisa ser auxiliada com a chave contida na sabedoria da Cabalá. Aos poucos, ela vai começar a entender que há uma interconexão, comum e obrigatória, e vai aprender o que significa o nosso livre-arbítrio.

Desta forma, devemos estreitar o círculo até que reste a ela apenas uma questão central não respondida. Este é o momento em que nós podemos dar-lhe a resposta, e neste momento, a pessoa irá aceitá-la.

Esta é a maneira pela qual temos que fazer nossa disseminação, para que possamos abordar as pessoas aos poucos, mostrando a elas que isso não tem nada a ver com quaisquer estereótipos, religião, misticismo, ou judaísmo. Essa é uma ciência natural sobre como a pessoa pode tornar-se parte harmoniosa deste mundo.

A sabedoria da Cabalá explica a você a lei da natureza que governa o mundo e a lei interna dentro de cada pessoa. Em outras palavras, ela explica quem você é e como você se encaixa neste mundo.

Da 4ª parte da Lição Diária de Cabalá 26/12/10: “Paz no Mundo”

Comente