As Crianças Corrigem Os Pais

Dr. Michael LaitmanPergunta: Por que está escrito na Parte 8, item 29 do Talmud Eser Sefirot que o inferior corrige o Superior? O que isso significa?

Resposta: O inferior (o Mundo de Atzilut) corrige o Superior (o mundo de Nekudim), porque o Mundo de Nekudim quebrou, ao invés de realizar a correção total.

É necessário revelar a inclinação ao mal, o ego, como está escrito: “Eu criei a inclinação ao mal e criei a Torá para a sua correção”. Mas o mal não foi revelado no Mundo de Nekudim e, portanto, torna-se revelado durante a quebra. Então, torna-se possível construir o Mundo de Atzilut, “a Torá para a sua correcção”.

Todo o mundo de Atzilut e todo seu aparato é Atik. Arich Anpin, Aba ve Ima, e Zeir Anpin em relação à Nukva do Mundo de Atzilut, é chamado de sistema da “Torá”, que traz a Luz que traz de volta as almas ascendendo até Malchut, à fonte da bondade. Portanto, após a quebra do Mundo de Nekudim, o inferior corrige o Superior.

Da mesma forma, em nossas almas, que são fragmentos da quebra da alma comum de Adam HaRishon, nós também corrigimos o corpo do Adão quebrado. Nós somos as partes sobreviventes deste sistema e temos que corrigi-lo. Adam HaRishon, o Superior em relação a nós, quebrou, e nós, os inferiores, corrigimos-lo.

A mesma coisa acontece em nosso mundo. A próxima geração tem que corrigir os erros cometidos pela geração anterior. As crianças corrigem o que os pais fizeram, primeiro com a ajuda dos pais e, posteriormente, ascendendo acima deles e tomando tudo que os pais deixaram para trás não corrigido, a fim de continuar a correção. Em outras palavras, as crianças corrigem os pais, o que significa que elas corrigem o que os pais revelaram.

O mesmo ocorre no mundo de Atzilut: por um lado, o inferior corrige o Superior, mas, por outro lado, o Superior fornece os instrumentos para corrigir a Si mesmo.

Da 2a parte da Lição Diária de Cabalá 21/12/10, Talmud Eser Sefirot

Um Comentário

  1. […] Relacionado: As Crianças Corrigem Os Pais Um Novo Tipo De Humanidade Em Apenas 15 Anos As Crianças Percebem Naturalmente o Significado […]

Comente